Veteranos e ‘bixos’ da USP e UFSCar devoram lanche de 350 kg em 2 horas

Fabio Rodrigues

Mas antes pausa para foto (Foto: Fabio Rodrigues/G1)Estudantes faxem lanche gigante há três anos para integrar calouros e veteranos (Foto: Fabio Rodrigues/G1)
Um lanche X-Americano gigante de 350 quilos foi devorado em duas horas por cerca de 250 pessoas, entre universitários e clientes de uma lanchonete de São Carlos (SP), na noite de terça-feira (1º). O evento, que está em sua terceira edição, serviu para integrar veteranos e calouros dos cursos de química da Universidade de São Paulo (USP), além de engenharia química e engenharia da computação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A novidade este ano foi uma competição entre os alunos para ver quem comia mais rápido.
O sanduíche com 1,80 metro de diâmetro e 30 centímetros de espessura começou a ser montado às 18h45 por oito funcionários de lanchonete. Em 45 minutos, eles rechearam o pão em 11 etapas com nove quilos de maionese, 50 quilos de tomate, 50 quilos de mussarela, 150 quilos de hambúrguer, 800 ovos fritos, 40 quilos de presunto e 60 pés de alface.
O pão, de 150 quilos, foi produzido em uma padaria da cidade. O processo durou cerca de cinco horas. Para isso foram usados 50 quilos de farinha, 50 ovos, oito quilos de açúcar, dois quilos de margarina, dois quilos de fermento e 1,5 quilo de sal. Pontualmente às 19h30 o lanche com custo aproximado de R$ 4 mil estava pronto para ser servido ao público.
Lanche tem cerca de 30 centímetros espessura (Foto: Fabio Rodrigues/G1)Lanche com cerca de 30 centímetros espessura foi
devorado em 30 min (Foto: Fabio Rodrigues/G1)
Competição
Oito estudantes toparam participar de uma competição que premiaria quem comesse primeiro. Sentados em uma mesa com água e refrigerante para ajudar na difícil tarefa, eles deram início à gincana às 20h28. Trinta minutos depois apenas quatro deles permaneciam no páreo.
Às 21h08, Matheus Broder Fernandes, de 17 anos, foi declarado o vencedor. Aluno do curso de engenharia da UFSCar, o jovem de 1,68m de altura e 95 quilos devorou o pedaço servido e ganhou R$ 50 em compras na lanchonete.
“Almocei e estava há cinco horas sem comer. Nem me preparei porque na verdade susbtituí um colega que faltou. É a primeira vez que participo de uma competição assim, mas achei interessante e foi tranquilo. Estava muito bom”, disse o estudante morador de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.
Matheus vence concorrentes em 30 minutos (Foto: Fabio Rodrigues/G1)Aluno da UFSCar, o calouro Matheus venceu os concorrentes após 30 minutos (Foto: Fabio Rodrigues/G1)
Agradecimento
A lanchonete fica na Cidade Jardim, bairro onde se concentram muitas repúblicas. O dono do estabelecimento, Edvaldo de Oliveira Silva, disse que o evento é uma forma de agradecer aos estudantes que ajudaram o negócio a dar certo no local.
Os gastos com o lanche ficam por conta do comerciante, que recebe o apoio dos próprios fornecedores para complementar os produtos da lista.
O aluno de pós-graduação da USP Ailton Eiji Fujitani integra a república Lado Podre, que organiza o evento entre os estudantes. “A gente divulga a lanchonete e eles dão o lanche como forma de presentear os ‘bixos’ que participaram de todos os eventos da Semana da Calourada. Essa integração prova que na universidade não é só trote, há eventos legais também”, disse.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.