Vacinação contra HPV começa nos 63 centros de Campinas na segunda

A vacinação contra o Papiloma Virus Humano (HPV), que previne as mulheres do câncer de colo de útero, começa nesta segunda-feira (10) para meninas de 11 a 13 anos nos 63 centros de saúde de Campinas (SP), segundo a Prefeitura. A meta é imunizar 25 mil garotas no município, que corresponde a 80% da população nessa faixa etária. A campanha de vacinação ocorre até 10 de abril.

A vacina contra o HPV é injetável e é aplicada em três doses. A segunda será seis meses depois da primeira e a terceira, cinco anos após a primeira dose. Para recebê-la, basta apresentar o cartão de vacinação e o documento de identidade. Neste ano, será vacinado o primeiro grupo (11 a 13 anos). Em 2015, a vacina passa a ser oferecida para as meninas com idades entre 9 e 11 anos. Em 2016, a vacinação será apenas para as garotas de 9 anos.

O HPV é um vírus que tem mais de 100 tipos diferentes, sendo que alguns provocam verrugas e outros estão ligados ao desenvolvimento de tumores. É transmitido através de relação sexual e o contágio também pode acontecer de mãe para filho, no momento do parto. Atualmente, está relacionado a infecções de região oral, genital, anal e da uretra, além de câncer de colo de útero, pênis, reto e orofaringe.
Uma estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença. Em relação ao câncer de colo do útero, estimativas apontam que 270 mil mulheres no mundo morrem devido à doença. Neste ano, no Brasil, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos e cerca de 4,8 mil mortes. A orientação é para que as mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo (papanicolau) anualmente. A vacina não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. 
  •  

Arte HPV - vale este (Foto: G1)

Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.