TRF determina bloqueio de bens por contratação irregular em Jales

O Tribunal Regional Federal determinou nesta sexta-feira (28) o bloqueio de bens de nove pessoas envolvidas na contratação irregular de shows com a utilização de verbas repassadas pelo Ministério do Turismo à prefeitura de Jales (SP), até 2010.

Entre os réus estão um ex-prefeito e um ex-deputado. Eles respondem a ação de improbidade administrativa por causa de mau uso dos recursos de sete convênios firmados entre 2008 e 2010, que totalizam quase R$ 2 milhões.
Segundo as investigações, empresas atuavam na contratação sem licitação de artistas para eventos promovidos pela prefeitura de Jales, entre eles a Facip. Além da indisponibilidade dos bens, o Ministério Público Federal pede a devolução do dinheiro, pagamento de multa e suspensão dos direitos políticos. Os advogados de defesa não foram encontrados para falar sobre o assunto.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.