Três homens estupram mulher de 50 anos no Sertão de PE

Moradores de Parnamirim, Sertão Pernambucano, fizeram uma manifestação para pedir o fim da violência contra a mulher nesta terça-feira (11). O protesto foi motivado pelo estupro de uma mulher de 50 anos de idade, que foi violentada sexualmente por três homens, um deles menor de idade, no domingo (2).

De acordo com a polícia, os criminosos, além de violentarem sexualmente a mulher, a espancaram. “Um deles confessou com riqueza de detalhes o crime, inclusive com a participação dos outros dois”, garante o comandante da Polícia Militar, capitão Darlan.

O capitão foi uma das primeiras pessoas a entrarem em contato com a vítima, logo depois do crime. “Ela estava muito abalada, apresentava lesões no rosto e estava muito traumatizada”, descreveu o comandante.

Os suspeitos do estupro foram identificados e presos pela polícia no último sábado (8). O delegado de plantão solicitou a prisão preventiva dos maiores, mas o juiz responsável pela área no fim de semana negou o pedido e a polícia foi obrigada a soltar os suspeitos. Nessa segunda-feira (10), a juíza que assumiu o caso, solicitou a prisão preventiva dos suspeitos do crime.

De acordo com a delegada Eliane Macedo Reinaldo, o menor, que chegou a confessar o crime, já tem passagem pela polícia. “Ele já estava internado na Funase pelo ato infracional equivalente a homicídio. No dia 28 de fevereiro ele fugiu de lá, veio pra Parnamirim e praticou uma tentativa de furto. Fugiu novamente e provavelmente praticou esse lamentável ato de violência contra essa vítima”, relatou a delegada responsável pelo caso.

O sobrinho da vítima contou como a tia está desde o dia do crime. “Hoje ele se encontra depressiva, tomando medicamento, chora bastante ela tomou muitas pancadas na cabeça e no rosto. Não fala coisa com coisa, e está isolada dentro de casa”, afirmou o homem que não quer ser identificado.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.