TÔ SEM PACIÊNCIA

Essa, talvez, tenha sido a frase mais emblemática desse BBB.

“Tô sem paciência…”

Ok, não se inibam aí dentro.

Paciência é coisa que somente nós, que pagamos o PPV e assistimos esse marasmo devemos ter.

Afinal, para que isso num jogo que vale R$ 1,5 mihão?

Muitos passaram a madrugada acompanhando a prova, mas quem está ali não está disposto a nada.

Não foi para ter paciência, se matar em uma prova, dar o sangue para merecer que eles entraram ali. Entraram ali para transar, comer, participar de festas, encher a cara e fumar até o pulmão explodir.

Enquanto isso, nossa paciência que se exploda!

Em uma casa onde há bobo da corte, corno profissional, uma idiota e seu namoradinho cavalo, além de outros menos votados, o que se pode esperar não é mesmo?

O grande herói já está com uma mão no troféu, pra que se cansar?

E não seria diferente se qualquer um dos que ficaram de fora tivessem participado dessa prova. Nenhum deles precisa ter garra ou vontade, é só esperar o povo, esse grande domador de destinos, resolver quem é o mais legalzinho, enfiar a grana no bolso e curtir os 15 minutos de fama

Se eu fosse o diretor dessa bagaça, proibiria a participação dos que não estivessem realmente dispostos a lutar pela liderança, puniria com estalecas, com castigos duríssimos e eles que se ferrassem.

BBB já foi um jogo de homens e mulheres com sangue nos olhos, hoje não passa de um arremedo da Malhação.

Desculpem se estou sendo ranzinza, mas estou sem paciência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.