Suspeito de assaltos é preso enquanto dá entrevista negando crimes

Um homem suspeito de assaltos foi preso pela equipe do Serviço de Inteligência da Polícia Militar no momento em que dava entrevista para a equipe da TV Tapajós, por volta das 23h30, de sábado (8), próximo a um posto de combustíveis, na Avenida Fernando Guilhon, bairro Maracanã, emSantarém, oeste do Pará. Ele e o suposto comparsa são suspeitos de cometerem vários assaltos na cidade.
O suspeito havia sido abordado pelos policiais após as vítimas o reconhecerem como autor de um assalto. Questionado pela equipe de reportagem sobre o envolvimento dele no crime, o jovem negou sorrindo, e explicou que foi ao local porque trabalha como frentista no posto próximo e iria falar com a gerente do estabelecimento. Neste momento, dois PM’s se aproximaram e deram voz de prisão ao indivíduo. “A vítima me reconheceu? Meu Deus do céu”, reclamou o suspeito.
Após a prisão dele, a polícia recebeu a informação de que ele cometia os crimes com um comparsa, que estaria escondido no apartamento de um prédio perto do posto. No local, após muito insistir para a mãe do segundo suspeito abrir a porta, a PM o encontrou trancado no quarto. Segundo a polícia, ele confessou ser o proprietário do carro que estava envolvido no crime, e foi preso.
Segundo o tenente Vanderley da PM, a localização imediata dos suspeitos foi possível, porque no momento da fuga do último assalto realizado durante a tarde em um mercantil, eles perderam o parachoque do carro com a placa junto.  “Por volta de 18h, recebemos o comunicado via Niop [Núcleo Integrado de Operações], que tinha um veículo que havia realizado um assalto naquele momento, e que tinha caído o parachoque dianteiro e as vítimas tinham pegado o objeto com a placa. Diante dessas informações, nós colocamos nossas viaturas em campo, com o serviço de inteligência e pegamos o veículo e o cidadão. Trouxemos as vítimas, e elas reconheceram”, informou.
A dupla foi levada para a Delegacia de Polícia Civil e apresentada na madrugada deste domingo (9).
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.