SBT e Ratinho são condenados a pagar indenização por danos morais

Por Thyago Mÿron

Foto: Divulgação/SBT

Foto: Divulgação/SBT
Segundo informações divulgadas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, uma mulher vítima de cárcere privado ganhou uma ação contra o SBT e o apresentador Ratinho por danos morais em segunda instância. A quantia estabelecida foi de R$ 41.500,00 reais.
Em comunicado oficial divulgado no site do Tribunal, o desembargador afirmou: “Utilizando-se de expressões como “tchaca tchaca na butchaca” e “tapa na barata”, o apresentador sugeriu, em rede nacional, que a mulher gostava de ser maltratada, aproveitando-se daquela situação repugnante para obter prazer sexual. Era mesmo o caso de condenar os réus ao ressarcimento de cunho moral“.
Em primeira instância, o apresentador e a emissora alegaram que não causaram prejuízo moral à mulher. Porém, a pena foi mantida. Tudo ocorreu em 2007, quando Ratinho fez comentários sobre uma mulher que estava sendo mantida refém pelo marido durante o programa  “Jornal da Massa”.


Fonte:TV Foco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.