São João tem 9 mil inadimplentes devendo R$ 5 milhões, diz pesquisa

Uma pesquisa realizada pela Associação Comercial e Empresarial (ACE) de São João da Boa Vista (SP) apontou que a cidade tem 9 mil pessoas com o nome em órgão de proteção ao crédito. As dívidas dessas pessoas chegam a quase R$ 5 milhões nos últimos cinco anos.  Para reduzir esse número, a ACE realiza até o 10 de abril a campanha ‘Limpe seu Nome’.
A pesquisa traçou também o perfil dos devedores e concluiu que 62% são mulheres, sendo que mais da metade têm entre 18 e 35 anos. Aproximadamente 42% dos débitos têm valor abaixo de R$ 50. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 60% do Produto Interno Bruto (PIB) do município vem do comércio e serviços.
A radialista Sara Cristina de Souza ficou com o nome restrito depois de ser demitida. “Infelizmente isso acontece com muitas pessoas. Eu parcelei e logo meu nome não estará mais restrito”, contou.
O autônomo Alex Batista da Silva também entrou na lista há quatro anos. Ele não conseguiu pagar algumas parcelas de uma moto e acabou perdendo o veiculo também. Agora, ele planeja melhor as compras. “Faço algumas contas, vejo se dá para comprar e evito muita coisa”, disse.
Para o gerente da ACE Anselmo Moreira a falta de controle é um dos motivos da inadimplência. “Muitas vezes o consumidor pode se esquecer de cumprir com o pagamento das suas compras. Até mesmo assume parcelas antes mesmo de receber seu salário para quitar essa pendência”, explicou.
Quando uma pessoa tem seu nome restrito, ela não consegue financiar veículos e imóveis, fazer conta em banco e compras. Se o devedor não pagar, o cadastro nos órgãos de proteção fica ativo por cinco anos.
O comerciante João Padovan calcula que perdeu R$ 500 mil nos últimos cinco anos. “Nós trouxemos até um advogado para dentro da empresa para propor acordos com os clientes. Então, desde janeiro estamos nesta campanha de reabilitação”, contou.
Limpe seu Nome
Para diminuir essa realidade, a campanha ‘Limpe seu Nome’ auxilia os consumidores a quitar as dívidas incentivando os pagamentos à vista, com isenção de juros, ou parcelados, obtendo descontos especiais.
Para realizar a negociação, o consumidor deve ir com os documentos pessoais até o posto de atendimento do Serviço de Reabilitação de Crédito (SRC) que fica no prédio da ACE, na Rua São João, 237, no Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3634-4300.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.