“Salmos Célebres (Por Bial, o Ipanemita): Mesmo que eu ande no…

“Salmos Célebres (Por Bial, o Ipanemita):

Mesmo que eu ande no vale da sombra da morte, preciso observar os detalhes da vida.
Não é um julgamento: é uma provação.
Tua vara e teu cajado podem aparecer, mas se faltarem, valeu a experiência.
O rei está vivo? O rei está morto? Nada, rei-nado, vaza.
Davi, vem ser feliz aqui fora.
E cobre teu rosto do sol.”

(Queda e Ascensão de @achrispin)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.