PSD lança pré-candidatura de Kassab ao governo de São Paulo

Marcelo Mora

PSD lança pré-candidatura de Kassab ao governo de São Paulo (Foto: Marcelo Mora/G1)Afif, Kassab, Meirelles e Alda participam do evento de lançamento da pré-candidatura (Foto: Marcelo Mora/G1)

O Partido Social Democrático (PSD) apresentou nesta segunda-feira (31) a pré-candidatura do ex-prefeito Gilberto Kassab ao governo de São Paulo. O lançamento na sede do partido, no edifício Joelma, no centro de São Paulo, teve a presença de líderes da executiva do PSD.
“Aceito sim a missão. Sou pré-candidato a governador. A legislação eleitoral não nos permite falar em candidatura, mas é evidente que a pré-candidatura é uma indicação forte da vontade do partido, é um tendência praticamente irreversível”, disse.
Para vice, o nome escolhido é de Alda Marco Antonio, ex-vice-prefeita da capital paulista. O nome mais forte da chapa para o Senado é do ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que também é do PSD. No evento, Meirelles disse que sua presença não era um indicativo de que aceitava a pré-candidatura, mas da sua concordância com o nome de Kassab ao governo.
Perguntado sobre os eixos do futuro programa de governo, Kassab disse que há “imensos desafios”. Entretanto, citou os temas da segurança e da água como prioridades para o debate durante a eleição.
Mais cedo, ao Blog do Camarotti, Kassab antecipou que o partido havia recebido convites do PT, do PMDB e até do PSDB para formar chapas, mas decidiu lançar candidatura própria na corrida estadual. “Vou participar da disputa ao governo de São Paulo, agora como pré-candidato, e a convenção de junho oficializará meu nome para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes. Vamos fazer uma chapa própria do PSD”, disse Kassab ao Blog.
Kassab disse ainda ao Blog do Camarotti que o partido tem o planejamento de tentar eleger 15 deputados estaduais e dez federais.
Kassab posta 'selfie' no Twitter com cúpula do PSD (Foto: Reprodução/Twitter)Kassab posta ‘selfie’ no Twitter com cúpula do PSD (Foto: Reprodução/Twitter)

Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.