Polícia Rodoviária faz operação para coibir evasões em pedágios da região

A Polícia Militar Rodoviária da região de Itapetininga (SP) realizou nesta quarta-feira (26) uma operação para coibir evasões em praças de pedágios. A ação ocorreu no pedágio que fica no quilômetro 157 da rodovia Castello Branco (SP-280), em Quadra (SP). Um motorista foi multado.
De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista de um carro de passeio foi flagrado ao passar pela cabine de cobrança automática aproveitando a abertura para uma carreta. Ainda segundo a polícia, o homem usava um dispositivo para liberação da cancela, no entanto, estava bloqueado e registrado com a placa de outro carro. Para não pagar o valor do pedágio que é de R$ 10,30, ficou bem atrás de uma carreta e atravessou a cancela acima da velocidade permitida, que é de 40 km por hora. O homem recebeu duas multas no valor de R$ 127,69 cada uma, além de dez pontos na carteira de habilitação.
Motorista foi flagrando ao 'furar' pedágio (Foto: Reprodução / TV TEM)Motorista foi flagrando ao ‘furar’ pedágio
(Foto: Reprodução / TV TEM)
De acordo com a concessionária responsável pelo trecho, na praça de pedágio de Quadra passam diariamente aproximadamente 20 mil veículos. Só no mês de março, a empresa registrou no trecho cerca de mil evasões. Segundo o tenente da PMR Glauco Oliveira, os motoristas precisam seguir as regras. “Ele tem um contrato que foi assinado quando adquiriu o equipamento, portanto, deve seguir essas regras. Utilizar o mesmo equipamento de liberação para aquele veículo especificado no contrato, manter a distância de segurança e obedecer a velocidade regulamentada”, afirma.
Em 2013, segundo a Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), foram registradas 1,4 milhão evasões nas 142 praças de pedágio existentes. Isso representa uma média de aproximadamente 840 casos por mês em cada uma delas. Na maioria dos casos, os motoristas se aproveitam dos veículos que possuem o dispositivo para passar logo em seguida. muitos acabam excedendo a velocidade aumentando o risco de acidentes, principalmente as colisões traseiras.
Maior das evasões ocorrem nas cabines de cobrança automática (Foto: Reprodução / TV TEM)Maior das evasões ocorrem nas cabines de
cobrança automática (Foto: Reprodução / TV TEM)
De acordo com a concessionaria Colinas, os motoristas cometem outras irregularidades cometidas por motoristas para passarem pela cancela sem serem identificados. Alguns colocam uma fita para esconder as letras e os números da placa. De acordo com o tenente Oliveira, o motorista pode ser incriminado. “Se ele fizer a adulteração no caractere da placa, a punição vai para o veículo com caraterísticas semelhante ao que está utilizando. Essa multa vai para esse terceiro que não tem nada a ver com a história. A gente apresenta isso na delegacia de polícia e, normalmente, a autoridade policial registra a ocorrência com essa alteração de característica semelhante ao estelionato que estaria praticando contra o outro condutor prejudicado”, explica.
Ainda de acordo com o tenente, a operação será realizada durante todo o ano nas principais rodovias da região.
Operação para evitar a evasão será intensificada na região (Foto: Reprodução / TV TEM)Operação para evitar a evasão será intensificada na região (Foto: Reprodução / TV TEM)
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.