Polêmica sobre totem religioso em Sorocaba vira piada na internet

Ana Carolina Levorato


Dizeres da placa foram modificados nas redes sociais (Foto: Reprodução/Internet)Dizeres da placa foram modificados nas redes sociais (Foto: Reprodução/Internet)
A polêmica em torno do totem com mensagem religiosa instalado no acesso à Rodovia José Ermírio de Moraes, conhecida como “Castelinho” (SP-75), em Sorocaba (SP), virou motivo de piada nas redes sociais. Diversas montagens foram criadas e compartilhadas com dizeres diferentes da frase “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, que está no totem.
Até a foto de um jovem Chico Buarque, que estampa um velho “meme” na internet, foi usada para fazer uma brincadeira sobre a polêmica. Nas redes sociais, as opiniões se dividem. Enquanto alguns acham certa a decisão da Justiça baseada em um estado laico, outros defendem a permanência do totem por representar a crença da maioria da população. Outros ainda criticam o fato da Justiça “perder tempo” com decisões sobre assuntos como este.
Na noite de quarta-feira (26), mais de 100 pessoas compareceram ao culto religioso para defender a permanência do totem. De acordo com um dos organizadores, Frederico Salomão, o objetivo do encontro, que durou cerca de uma hora e meia, era contar a história do monumento e o que poderá se feito nos próximos dias após a determinação da retirada, feita pelo juiz José Eduardo Marcondes Machado na terça-feira (25).
Sátiras estão sendo criadas na internet (Foto: Reprodução/Internet)Sátiras foram postadas na internet
(Foto: Reprodução/Internet)
“Nosso objetivo foi rezar por Sorocaba em comunhão com os irmãos cristãos. Além disso, queremos mostrar para o poder público aqui ou em outros eventos que vamos promover ainda nessa semana que essa discussão é uma perda de tempo e que a nossa cidade precisa de atenção em outros setores”, afirma o pastor Jhonyz Rabello.
Para os organizadores do evento, que contou com a presença de diversas congregações cristãs, a justificativa usada para a retirada da placa não é válida. “Queremos mostrar que não estamos idolatrando uma placa e sim que queremos ‘protestar’ pela fé, pelo o que acreditamos. Temos medo depois de sermos reprimidos por fazer um culto em locais públicos, por exemplo, e as pessoas se sentirem ofendidas por isso, como na determinação do juíz”, ressalta Frederico Salomão.
Assunto virou meme nas redes sociais (Foto: Reprodução/Internet)Assunto virou meme nas redes sociais
(Foto: Reprodução/Internet)
Polêmica na cidade
A decisão da Justiça repercutiu negativamente entre os cristãos. Para muita gente, retirar a placa, que há oito anos está instalada na principal entrada da cidade, é uma determinação desnecessária. O pedido para que a prefeitura retire a placa com os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” foi feito por dois estudantes de direito.

A partir disso, o promotor José Alberto Marum começou a pedir informações ao município e segundo ele, até agora, ninguém sabe dizer quem autorizou a instalação do totem. Com base na Constituição Brasileira, o promotor moveu uma ação e a Justiça aceitou o pedido.
“Nós pedimos a retirada da placa por dois motivos específicos. O primeiro porque não houve autorização formal para a sua colocação no espaço público e, em segundo lugar, por causa da mensagem da placa, que diz que Sorocaba pertence a alguém, e isso não pode ser permitido”, explica.
A prefeitura tem até 4 de abril para retirar a placa, sob pena de multa de R$ 1 mil por dia. Na decisão, a Justiça também proíbe a instalação de novas placas – independentemente da religião -, em qualquer espaço público da cidade. A Secretaria de Governo e Segurança Comunitária informa que por se tratar de uma sentença em primeira instância estuda a possibilidade de recorrer da decisão.
Cristãos fazem protesto para manter totem religioso em Sorocaba - Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo (Foto: Ana Carolina Levorato/G1)Cristãos fizeram vigília para manter totem religioso em Sorocaba (Foto: Ana Carolina Levorato/G1)
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.