“Jorge, centurião itaquerita, saía às cidades e às estradas de…

“Jorge, centurião itaquerita, saía às cidades e às estradas de Israel para instruir o povo sobre os perigos: ‘Esta túnica não deveis vestir’, ‘Estas joias deveriam dormir no baú’, ‘Esta carruagem atiça os ladrões e os salteadores’. Seu alforje era o medo, e nele não faltava a moeda. Na cabana dos redeteveus, sentava-se ele na corte de Sônia, da linhagem de Abraão. Era tido como profeta pela seita dos zoeiritas, que dele recebiam a palavra pela pedra do tuinto.” 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.