Janja anuncia Paulo Miklos, Zélia Duncan, Geraldo Azevedo e Juliano Maderada na festa da posse


Shows devem começar no fim da tarde de 1º de janeiro, após solenidade; futura primeira-dama organiza evento. Festa reunirá mais de 20 artistas em dois palcos na Esplanada dos Ministérios. O presidente eleito Lula (PT) comemora a vitória do Brasil contra a Sérvia ao lado da esposa, Janja
Ricardo Stuckert/Divulgação
A futura primeira-dama Janja da Silva anunciou nesta terça-feira (6), em redes sociais, mais artistas confirmados para a festa da posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no próximo dia 1º de janeiro.
Segundo Janja – responsável pela organização dos festejos da posse presidencial –, foram confirmados os shows de:
Paulo Miklos, ex-vocalista do Titãs;
Zélia Duncan, cantora de MPB;
Thalma de Freitas, atriz e cantora;
Geraldo Azevedo, cantor, compositor e um dos membros do “Grande Encontro”;
Kaê Guajajara, cantora e ativista indígena, e
Juliano Maderada, cantor de forró e compositor dos principais jingles da campanha de Lula.
Os primeiros nomes foram anunciados na semana passada, e no sábado (2) outros nomes já tinham sido confirmados. A lista de atrações também é composta, até o momento, pelos artistas:
Pabllo Vittar
BaianaSystem
Duda Beat
Gaby Amarantos
Martinho da Vila
Gilsons
Chico César
Teresa Cristina
Maria Rita
Valesca Popozuda
Paulinho da Viola
Margareth Menezes
Pastor Kleber Lucas
Leonardo Gonçalves
Segundo Janja, o evento no próximo dia 1º de janeiro em Brasília terá transmissão comandada pelo humorista Paulo Vieira e pela apresentadora Titi Müller.
Na ocasião, Janja contou que enviou também convites aos cantores Caetano Veloso, Gilberto Gil, Ludmilla e Emicida, mas ainda não houve confirmação da participação dos cantores.
PT faz vaquinha virtual para pagar gastos da festa da posse presidencial de Lula em Brasília
Quem é Kleber Lucas, pastor convidado para show na posse de Lula
A futura primeira-dama disse ainda que os shows terão início assim que for encerrada a cerimônia oficial no Palácio do Planalto, por volta das 18h30.
Também segundo Janja, serão dois palcos montados para a festa, que homenagearão duas artistas que morreram neste ano. Um receberá o nome de Gal Costa. O outro se chamará Elza Soares.
Três chefes de estado confirmam presença na posse de Lula
Vaquinha para posse
O Partido dos Trabalhadores (PT) abriu nesta terça-feira (6) uma vaquinha virtual para arrecadar dinheiro para pagar despesas da festa da posse presidencial. O início do período de contribuições foi anunciado pela futura primeira-dama, Rosangela da Silva, a Janja.
“A posse do presidente Lula já é realidade, e pra gente fazer dessa a maior festa popular que esse país já viu, precisamos da sua ajuda”, escreveu o partido em uma rede social.
Segundo o site das doações, a posse de Lula será uma “celebração que vai muito além da cerimônia oficial”.
O partido espera que milhares de pessoas se desloquem para Brasília para acompanhar a posse de Lula e um festival, depois da cerimônia oficial, que contará com apresentações de diversos artistas brasileiros.
Os doadores poderão escolher fazer contribuições que poderão ir de R$ 13,00 a R$ 1.064,00. É possível pagar com PIX, cartão de crédito ou boleto bancário.
De acordo com a sigla, as doações ajudarão no transporte e logística do grande público, no alojamento e acolhimento, na montagem da estrutura dos shows e atrações do Festival do Futuro, como é denominado o evento, no reforço da segurança, nas exibições culturais e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.