Impressões de Frank Killer – BBB14Diego x Marcelo x Vanessa

BBB não é mais um Reality onde quem merece é quem ganhará ou quem será eliminado. Quem será eliminado é quem não merece sair e quem ganhará é quem não merece ser o vencedor. Simples assim. Primeiro, que quem sai a partir do início desta edição nunca merece sair e, segundo, porque a partir de agora quem ganha nunca merece ganhar. Agora as coisas são assim, graças aos fariseus.

Podemos analisar os emparedados sob dois ângulos completamente diferentes. O primeiro é quanto aos atributos pessoais e o segundo é quanto às atitudes da direção e facciosismo das torcidas e da produção do programa conjuntamente. Por esse segundo aspecto nota-se a nítida preferência pelas performances, seja de jogo, seja de atuação teatral, seja de protagonismo e marketing.

A tônica da edição já começou com a introdução de um personagem de novela na primeira semana (Valdirene). Nitidamente era marketing da novela em reta final. Depois passou a ser para a novela seguinte “em família”. Nessas condições era mandatório manter os concursantes “adequados” no confinamento para obter os efeitos desejados (audiência). A utilização da Barbara Paz e outras atrizes em contatos com os concursantes seguiu nessa mesma linha.

Fica então notório que o que interessava eram performances teatrais e comportamentos faked, não o julgamento de atributos dos concursantes. Isso seria secundário. O próprio apresentador achou que isso estava demasiado e beirando o ridículo, logo ele, que em outra ocasião incentivou o jogo e estimulou os confinados a “brincarem” (play) para mostrarem um lado marqueteiro e “venderem-se” como produtos para o consumidor. Isso combinaria então com os interesses das torcidas minoritárias no sentido de eliminarem os maiores favoritos, desejo que é também da direção do programa.

Provas de Líder

Com relação aos atributos pessoais quase nenhum sobrou em função dessa linha de direção facciosa. Provas foram desenhadas para favorecer vilões e notou-se, por exemplo, que várias pessoas boas nem chegaram a ganhar Provas de Líder e de Anjo. Basta dar uma passada de olhos em quem já foi Líder ou Anjo para constatar isso:

Líder
Amanda – 1 vez.
Valter – 2 vezes.
Polly – 2 vezes.
Cássio – 3 vezes.
Letícia – 1 vez.
Roni – 1 vez.
Marcelo – 1 vez.
Clara – 1 vez.
Aline – 1 vez.

Mais da metade ainda estão no programa, mesmo sendo notórios rejeitados pelo público. Os mais preferidos pelo público nem chegaram a serem líderes e, ou já foram eliminados sem jamais terem alcançado essa posição, ou serão eliminados os poucos que restam. A realização de provas sem acompanhamento ao vivo (externas) se prestam às falcatruas em eventuais conluios com patrocinadores. Quem pode garantir que deram resultados com lisura? Ninguém, se as ao vivo já mostram essa falta de lisura e equidade! Nessas condições os “proscritos” nunca têm chances.

Provas de Anjo

As Provas de Anjo são quase todas feitas com a seleção prévia por sorteios, sempre deixando uma parte de fora. Em pelo menos um caso percebi facciosismo nesses sorteios, sem falar que é injusto deixar outros de fora tanto nesse tipo de prova quanto no de Líder.

Anjo
Aline – 1 vez.
Junior – 1 vez.
Marcelo – 2 vezes.
Angela – 1 vez.
Valter – 1 vez.
Polly – 1 vez.

A maioria foi Anjo e Líder pelo menos uma vez cada um. Isso mostra para quem as provas foram desenhadas ou trucadas. Logicamente os preferidos da produção estão entre eles ou estavam. Chama a atenção o fato dos preferidos ou mais preferidos reais do público não estarem nessas listas. Sem falar que alguns foram “agraciados” com facciosismos e favorecimento ou queimação disfarçada da produção. São notórios os casos testemunhados com relação a Aline, Angela, Diego, Fran, Junior, Marcelo, Polly, Princy, Roni, Valter e Vanessa.

Independentemente de favoritismos da audiência esses concursantes foram favorecidos ou prejudicados pela produção em provas, punições, vídeos editados, charges, direcionismo e interferências indevidas. Não se pode nem dizer que essas ações visavam audiência, porque parece mais é escolha pessoal da direção acerca de quem merece ou não merece ganhar provas e prêmios ou não ganhar, ser eliminado ou não do programa ou ser tratado com parcialidade e injustiça.

A eliminação do Diego seria prioritária como uma espécie de “vingança” contra a eliminação do Roni, que daria um bom paredão (em termos de audiência) indo contra a Polly, da mesma forma que um entre Vanessa e Clara ou Marcelo e Angela dariam. Um paredão entre Diego e Fran não interessava porque “cimentaria” um dos dois na preferência do público, tornando sem efeito a audiência entre os outros “casais” em paredões simples. Por isso veio esse paredão triplo e a produção sabe que a audiência não notará a manobra.

A manutenção do Marcelo tornar-se-ia interessante, porque seria muito fácil queimar um vilão quando isso venha a ser conveniente, porque bastaria administrar um pouquinho a mais a “pressão” psicológica ou o álcool e levá-lo ao estresse extremo ou adequado, para desabar de vez. Isso é maquiavelismo puro! A pressão é levada a extremos quando se trata de quem não mais interessa em termos de audiência, como fizeram com a Aline e outros. Os concursantes são classificados em ordem de resistência psicológica!

Semana 09
Líder: Cássio.
Anjo: Marcelo.
Castigo do “Monstro”: Valter e Vanessa.
Big Fone: Cássio.
Indicado pelo Big Fone: Vanessa.
Excluído da Prova do Líder: Valter (ex-Líder).
Imunes: Cássio (Líder) e Polly (Anjo).
Votação

Marcelo: Indicado pelo Líder Cássio.
Diego: 3 (Clara, Vanessa e Angela).
Valter: 2 (Marcelo e Polly).
Clara: 1 (Valter).
Angela: 1 (Diego).

Votos de

Diego: João (01a), Roni (01b), Liz (01c,05), Princy (02a), Bella (02b), Amanda (02c,03), Vanessa(04), Diego (BF05), Polly (06), Angela (07,09), Clara (08).

Marcelo: Clara (01a), Rodrigo (01b), Cássio (01c,08), Vanessa (02a,05,06), Vagner (02b), Junior (02c,03,L04), Valter (07,09).

Vanessa: João (01a), Princy (01b,02a), Liz (01c,03), Fran (02b,04,06), Cássio (02c,05), Marcelo (BF03), Angela (07), Diego (08,09).

Votos em

Diego: Alisson (01a), Angela (01a,02c,03,09)), João (01a), Liz (01a,L06), Roni (01a,03), Letícia (L02b,02c), Amanda(03), Diego (BF05), Polly (08), Vanessa (08,09), Clara (09).

Marcelo: Cássio (01b,01c,L02a,07,08,L09), Vagner (01c), Vanessa (BF03), Valter (05,07), Liz (08), Clara (08).

Vanessa: Princy (01a,01c,02a), Liz (01c,02a), Roni (01c,02a), Fran (02a,02b,04), Junior (02a,04), Marcelo (02a,05,06), Cássio (02c,L03,04,05,BF09), Valter (04), Diego (04).

Diego – Cássio, Valter, Tatiele, Marcelo, Clara, Vanessa, Angela.
Marcelo – Tatiele, Angela, Clara, Diego, Valter, Vanessa, Cássio.
Vanessa – Clara, Valter, Tatiele, Marcelo, Angela, Diego, Cássio.

No trecho de minhas notas de um post anterior (Atores e Atrizes) os pensamentos que se iniciam com “O conhecimento puro ou a priori…” Etc, até “…quaisquer condições (necessidade).” é citação do contido no subtítulo “Como é possível conhecer” da tradução de uma obra de Kant. Portanto, não são pensamentos meus, mas são de pensadores atuai e com os quais concordo e aceito, que dissecaram Kant e sua obra, o qual não nega que o conhecimento também pode ser empírico ou a posteriori. Pelo contrário ele afirma que existem as duas formas de conhecimento e outras. Kant também fala da Razão Prática em outra “Crítica” e, da faculdade de julgar, investigando todas as formas de pensamento e os relacionamentos com o conhecimento, onde analisa a moral, a beleza natural e artística e a biologia.

Ao falar de alma, entra-se no campo da metafísica, teologia, teosofia, religião, etc. Em outras palavras, de objetos de fé. Vamos baixar a bola um pouquinho. Nosso assunto aqui é RS e nada mais.

“A experiência sensível por si só – mostra Kant – jamais produz juízos necessários e universais, de tal forma que todas as vezes que se está diante de juízos desse tipo tem-se um conhecimento puro ou a priori” (Em “Como é possível conhecer”, Kant – Vida e Obra). Pelo contrário a  experiência sensível nada é, sem o entendimento e a razão pura ou prática. Pessoas que vivem pelas sensações dos sentidos são joguetes de seus próprios sentimentos e enxergam os demais do mesmo jeito, supondo que deveriam ser iguais a elas. Em outras palavras, não têm capacidade de julgamento sobre as demais pessoas.

O conhecimento pela razão pura é útil para a ciência e a teoria do conhecimento, situados no terreno dos juízos sintéticos a priori, os quais, ao mesmo tempo, são universais e necessários. O conhecimento sensível é o único disponível para formar opiniões ou juízos a posteriori e seria impróprio então formar juízos sobre pessoas baseados simplesmente em percepções, superficiais ou não, pelos sentidos, se não se tomam estes juízos pela razão, após o processo da compreensão.

O que se pode fazer é abstrair ao máximo a empatia, simpatia e antipatia para então emitir juízos com a razão, não universais e necessários, mas pelo menos, consentâneos com um universo o menos limitado e o menos desnecessário possíveis, e próximos o mais possível de um conhecimento puro analítico universal e necessário. Kant não poderia dizer isso porque seria uma contradição a si próprio, e porque ele criticou no âmbito do trabalho sobra a razão pura somente a razão pura, a qual não é a única. Não seria o mesmo caso na “Crítica da Razão Prática” e na “Crítica da Faculdade de Julgar”.

Em resumo, se quando entra-se em discussões desse tipo em um blog ou em qualquer fórum não dedicados a esses tipos de debates, e se não prende-se aos temas e assuntos desses ambientes específicos, devem ser ignorados, mas seus objetivos presumíveis serem apreendidos.

“Unknown 16 de março de 2014 16:01
Olá votalhada rs.
…se a Globo quer dar o prêmio para ele é problema dela. Eu não assisto mais, joguei dinheiro fora com ppv, só que já está me fazendo mal, vou continuar visitando o Votalhada e lendo os posts do Frank que adooro!
Beijo no coração de todos, fui!!!!!
Maria Clara”
Olá, Maria Clara. Sua descrição está rigorosamente exata e prova que estava vendo o mesmo RS que eu. Só um adendo: como trata-se de um RS, o jogador Cássio viu no episódio um abuso das imagens da Angela pelo jogador Marcelo, no que está certo. A jogadora Angela queria provocar essa situação quando ficou conversando longamente com o Diego fazendo-se de bêbada e quando foi buscar o Marcelo no quarto para voltar para a festa. Sem o Marcelo presente para ver o que ela estava fazendo, não surtiria os efeitos que ela queria. Não acredito em sua amnésia ou em parte dela, porque ela está aproveitando ao máximo o episódio em benefício de seu jogo.
Os demais jogadores logicamente não aprovaram o jogo do Marcelo, exceto a Polly, em seu joguinho de “loura burra”. Entre mortos e feridos não se salvou nenhum! Como sempre digo, é melhor abstrair o jogo, caso contrário o maior vilão ou vilã ganhará. Abraços.
“Romano 16 de março de 2014 13:36
Parabéns,mais um belo texto,obrigado de novo,e essa pergunta no final hein? muito boa.”
Acho que valeria a pena uma visitinha de um psicólogo ou profissional médico para verificar essa amnésia. Ou examinar a composição das bebidas que estão dando para eles, apesar de que “amnésia” voluntária pode resultar em amnésia involuntária e verdadeira.
New 16 de março de 2014 13:38
Depois de ver as Eliminações, acredito que o maior erro dessa edição foi o paredão triplo.
Sua análise bate com as minhas em relação a alguns que foram eliminados. Elas parecem ser sinceras, mas estão incompletas. Esse angu é muito mais caroçudo!
HARD 16 de março de 2014 15:29
“quem pode afirmar com 100% de certeza que ela (ele, Marcelo) insistindo outra vez ela não iria ceder? no passado também foi assim, ela falou, “não quero, Não quero, não quero……………………..” tantas vezes, não foi assim Frank Killer?”
Em meu entender o papel do homem é tentar, mas diante de uma resposta “não”, taxativa ou não, o papel de um homem é afastar-se, enfiar a viola no saco e partir para outra em que esteja a fim, se estiver. Em um RS isso é ainda mais mandatório e, não ficar insistindo tanto. Marcelo precisaria estar atento ao fato de que suas atitudes estão sendo monitoradas. Marcelo mostrou 3 defeitos simultaneamente. É machista, é irritadiço e é arruaceiro. As qualidades que ele queria mostrar e não conseguiu são ser atencioso e romântico.
Isso é abstrair jogo, que julgo à parte. Nesse episódio ele tentou sim melhorar a imagem dele às custas da imagem da Angela, e esse é o “abuso” de que fala o Cássio, aliás como queria a Angela, aparentemente sem dar-se conta disso. Em tempo, seu jogo é medíocre. Você está misturando os Jogos do Cássio e da Angela com os atributos negativos ou positivos do Marcelo. Em outras palavras usando dois pesos e duas medidas.
Quanto ao que pensaria uma mulher sobre tudo isso, você deve procurar suas respostas com uma mulher. Só posso me pôr no lugar delas e tentar interpretar o que pensariam, sem muito conhecimento de causa ou pretender conhecer a alma feminina em toda a profundidade.
“AU 16 de março de 2014 16:06
Percebe-se que o dono do site não viu a festa no pay-per-view, pois o Marcelo até tentou sim ficar com a Angela…”
Eu, Frank Killer, não sou o dono do blog, mas apenas um humilde “escrevinhador” e vi sim o PPV e a cobertura online do Site Oficial do programa, como sempre. Ocorre que você é quem viu um RS diferente do que vi, interpretou diferentemente, viu o que queria ver e não viu o que não queria ver. Está com uma amnésia falsa ou é cego. Isso tudo só, AU!
“Candyfakeman 16 de março de 2014 16:14
Exatamente o que eu pensei Frank! Infelizmente a verdade é só para pessoas honestas…”
Lamento pela Aline, por quem “chora”. Em seu paredão contra o Marcelo, a Globo ainda não tinha mostrado quem era o Marcelo. Mostrará agora? Tarde demais, como seria tarde demais para outros eliminados injustamente. Ou a produção está se lixando para quem sai ou quem fica, ou são todos cegos, surdos e fariseus e, definitivamente, uns incompetentes. Em tudo isso só há uma coisa de bom: as torcidas organizadas e facciosas estão recebendo uma lição exemplar.
“Cacá Moraes 16 de março de 2014 16:29
Saudações.
Conheci o blog agora, nesta edição de BBB, e confesso me surpreendi com as postagens lúcidas e com embasamento, por vezes filosófico ao tratar o assunto. Parabéns ao autor.”
Saudações. Parabéns por sua análise, Cacá. Vê-se que é uma pessoa equilibrada, dotada dos predicados linguísticos adequados e suficientes, com raciocínio lúcido e límpido. Descreve com precisão em suas observações o seu pensamento e não se furta a apontar suas preferências em seus abalizados juízos. Remeto os leitores para seu comentário. Obrigado. Alegrar-me-ia muito ter alguém como você como colega colaborando com o site, mesmo que apenas como comentarista de nossos posts, sendo esta a sua preferência.
“Lucas 16 de março de 2014 16:51
Eu achu q vc esta usando essa briga de uma forma negativo para o Marcelo. Quando fikamos exaltados fikamos sim agressivos.”
Oi, Lucas. Você não deve julgar as outras pessoas com base em você mesmo. Se você é agressivo, não deveria ser, sejam quais forem as motivações! Você se colocou na marca do “penalti” e não resistí em chutar em gol! Desculpe!
“junior silva 16 de março de 2014 17:38
o diego em um paredao duplo eu acredito que tem chance de chegar a final agora com esse paredao tripo eu acredito que ele nao tem chance se ele for contra o marcelo e a poly a poly tinha que sair mas em paredao tripo quem sai e o diego. o que vc acha frank”
Sobre essa questão, não acho nada, Junior! Faz pergunta mais fácil! Em qualquer paredão eu votaria para sairem Marcelo, Slim e Angela, por enquanto, mas isso não quer dizer que a audiência pensaria o mesmo. Por outro lado, não voto na real para a saída de ninguém, por uma questão de princípios. Seria como na piada do pistoleiro mexicano dos filmes de “bang bang”: “Eu só faço os furos; quem mata é Deus”! No caso, permito que os leitores também façam seus “furinhos” quando possuem uma boa mira e são rápidos no gatilho! LOL.
“ReiArthuro 16 de março de 2014 17:41
Tá muito feio! Sempre falando mal do Marcelo! Ele tava bêbado também.”
Vossa Majestade está equivocada, sire! É quando o álcool entra pela boca que a verdade sai da escuridão do ser! Permissão para sair da Vossa Augusta presença?
“Prefiro ficar no anonimato ;] 16 de março de 2014 18:28”
Folgo em saber que se interessa ou voltou a se interessar pelo conhecimento, Anônimo. Abraços e fica na Paz!
“Giuliana Rangel 16 de março de 2014 23:37
Bem, quanto ao Marcelo ter beijado ou não a Angela, eis que o próprio disse hj que sim, a beijou.”
Na verdade o assédio do Marcelo foi todo ele desrespeitoso, mesmo que ela estivesse lúcida. Estando alcoolizada foi abuso de uma pessoa sem condições de se defender e que foi “atacada” sim, com agua no rosto, carícias no rosto e selinhos não autorizados, e lançamento de almofadas, ao modo de uma criança contrariada. Marcelo não percebeu ou não queria perceber que estava se excedendo, dando vazão aos seus instintos e sem importar-se com o estado da concursante. Classificar de mau caráter é pouco.
Se argumentarem que ele também estava bêbado, pelo menos mostrou sem inibições quem era ele. Sua única saída seria dizer que estava também amnésico! Então, a pergunta que não quer calar é: estaria? A resposta é não. Os vídeos mostrados pelo programa antes da votação mostraram que o Cássio estava com a razão e até mostraram atitudes censuráveis do Marcelo que o Cássio não tinha visto. Abraços, Giuliana!
“carminha 17 de março de 2014 03:10
Uma sociedade que aceita um comportamento sem limite como o do Marcelo está realmente bastante decadente. Cassio fez o que tinha de fazer e toda mulher ficaria agradecida por tê-lo por perto numa situação semelhante. #foramarcelo !!”
Assino em baixo, Carminha.
“Valber Souza 17 de março de 2014 08:32
É notório que de ha pelo menos 5 semanas o Marcelo é o protagonista do deste monótono bbb, talvez um dos únicos que consegue dar uma boa dinâmica no programa e para mim, ele merece ficar, como acho que vai. Vanessa ao meu ver é coadjuvante neste paredão e no programa também…”
Protagonismo é uma coisa para se olhar em novelas, filmes e peças teatrais. Em RS se olha pessoas e atributos pessoais, não performances. Você está assistindo o programa errado.
“Luciana Soares 17 de março de 2014 03:05
Me conte mais sobre o mau caratismo do Marcelo…”
Faça isso você, Luciana. Cássio não está no paredão, mas terá a sua vez. Os que estão na berlinda são Diego, Marcelo e Vanessa.
“Anderson Manueles 17 de março de 2014 21:22
Frank obrigado pela resposta.”
De nada, Anderson. Dê suas opiniões sem temor. Se dentro das regras, as liberaremos e se for conveniente, as referenciaremos em postagens nossas. O Admin e eu estamos de acordo com isso. As regras para comentários são óbvias para um bom relacionamento visitante-Site e dentro delas você tem toda a liberdade para expressar seus pontos de vista sobre RSs e seus concursantes e participantes.
“Site Oficial 17/03/2014 22h38
Lavanderia: Tatiele defende Marcelo e diz que Cássio exagerou durante a briga
Tatiele responde: “Como o Cássio faz brincadeira com todo mundo aqui, eu não acho errado isso. Não foi por maldade, foi na hora da brincadeira, como o Cássio faz comigo, com a Vanessa, com a Clara e com a Angela, o Marcelo fez com ela. O Cássio exagerou sim, ele falou que foi abuso, batia no peito toda hora. Abuso para mim é quando tocar nas partes íntimas da pessoa. É o meu ponto de vista”.”

Para defender o Marcelo, Polly está misturando fatos separados no tempo e no espaço. Tudo o que o Cássio viu, falou, interpretou e providenciou durante a festa foi feito corretamente. A questão do abuso falado pelo Cássio foi quando as meninas já estavam dando banho na Angela e, o Marcelo, depois da festa terminada, foi tirar satisfações com o Cássio já em seu quarto do Líder. Marcelo veio alterado, esmurrando vidros e ofendendo o Líder. Cássio se enfureceu e falou poucas e boas para ele também. Os argumentos da Polly durante o episódio, do qual de nada sabia, visavam ganhar a imunidade do Anjo, como de fato ganhou.

Marcelo tentou de fato aproveitar-se do estado fragilizado alcoólico da Angela para “chegar nela” novamente, depois de tantos tocos. Seria sua única chance de êxito, porque com ela sóbria dificilmente conseguiria alguma coisa. Depois dessa providencial “amnésia” Angela pode até reatar o relacionamento ou continuar mantendo o otário correndo atrás dela.

Essa lavanderia só serviu para mostrar depoimentos de quem nada viu com suas versões que favoreceriam ao Marcelo. Em outras palavras, mais uma malandragem da direção. Hoje, os fatos ocorridos na madrugada de sábado para domingo já se tornam passado e ninguém mais saberá direito o que ocorreu. Marcelo volta a ser bom moço, Angela passa por vítima, torcidas e produção providenciam um eliminado e pode sair alguém que nada teve com toda a história, relegada a segundo plano. Isso é o BBB dos sonhos de alguém de mente muito deformada. Já nem merece mais a classificação de Reality Show. Virou jogo de compadres (ou comadres)!

Se em outras edições podia ser dito que os homens não estavam com nada, nesta podemos dizer que as mulheres também não estão com nada. É uma lástima! Acho que isso foi proposital.

Estrelinhas no PPV: Clara e Vanessa – 2; Valter – 3; Angela, Marcelo e Polly – 4; Cássio e Diego – 5. Consulta interativa às 00:45 de 18/03/2014.

Já ia me esquecendo novamente! Falei no post anterior sobre a Angela “Ah (Já ia me esquecendo), e antes pediu para não deixarem ela brigar com o Marcelo!” A Globo teve a gentileza de me mostrar que a palavra que ela usou foi “ficar”, ao invés de “brigar”. Falha nossa, ouvi mal. LOL. Só que isso piora as atitudes do Marcelo e dá maior razão ao Cássio. Esquecer está em voga atualmente!

   Twitter: @frankkiller04 (twitter.com/frankkiller04)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.