Impressões de Frank Killer – BBB14:Aline x Marcelo – O Desafio

Aline x Marcelo
O Desafio
Paredão extra. Nessa madrugada enquanto Ice e cerveja rolavam soltos dentro da casa fechada para o quintal, durante as “obras”, uma briga acabou com a festinha. Aline criticava a dança do Marcelo, que vinha ao longo da semana hostilizando sistematicamente a atriz por conta de um voto na Angela. Ele chegara ao ponto de bani-la da mesa das refeições na casa de luxo e de fazer comida somente para os demais do grupo.

Aline tinha que fazer sua própria comida. Antes de começas o RS já era esperado que os hábitos alimentares da Aline iriam provocar problemas de relacionamentos. Quer saber os antecedentes que levaram a essa briga, barraco ou seja lá como querem denominar?

Tudo começou alguns dias antes, quando a Angela dizia para a Aline, então “grandes amigas”, que a dancinha do Marcelo era ridícula. Falou isso várias vezes e em várias festas. Diziam que ele queria imitar o Roni, mas não tinha o molejo apropriado.

Depois veio a capsula e tudo o que aconteceu em função dela e da troca que a Angela fez da Aline pelo Marcelo para “ficar” com ele dentro da referida capsula do amor. O rancor, os ciúmes e as frustrações da Aline culminaram em um voto no paredão para a Angela, que foi considerado uma traição de “melhor amiga”, mas essa amizade acabara já com a tal capsula muito antes, apesar do voto da Aline não ter sido determinante para emparedar a Angela.

Vai pedra, vem pedra, Fran foi para o paredão por obra e graça da Líder Polly contra a Angela e acabou eliminada. Pagou o pato de uma trama (da qual não era parte) urdida com requintes de perfeição pelo “destino” para prejudicar um casal que estava tornando-se o favorito. É nisso o que dá a interferência. Um inocente sempre acaba sendo sacrificado.

Então, Clara propõe ao Marcelo dar uma de “durão” para “conquistar” de vez a Angela, já que ela não gosta de um cara certinho e atencioso. Prefere um energúmeno qualquer que a maltrate, segundo diz. Propusera ao rapaz uma “amizade colorida” apenas. Ora, Marcelo não sabe o que é uma amizade colorida com uma mulher.

Ignorou a Angela durante toda a festa, encheu a cara e ao final foi bolinar a dupla gay no chuveiro. Angela foi avisada pela Clara e aquela foi lá conferir o que o Marcelo estava fazendo com a Vanessa. Resultado: gelo. A amizade colorida fez agua. Marcelo ficou desesperado porque ficou sem sua “peguete”!

Só faltava uma pitadinha de álcool para o Marcelo deixar cair sua máscara, providência prontamente providenciada pela produção. Agora ele pediu ao Valter para ir para o paredão para enfrentar a Aline, que ele supõe que irá ser indicada pela casa. Vou morrer de rir se ela o eliminar. LOL. Detalhe: Marcelo pode enfrentar a própria Angela, ao invés da Aline e, então, qualquer um dos dois que sair, determinará a saída do outro em futuros paredões.

O mais engraçado em tudo isso é que a Clara, iniciadora de tudo, e a Polly, salvam-se lindamente de mais um paredão. Se depender do Valter, a produção não terá o paredão que estava planejando e o Diego está mais uma vez em perigo de ir ao quinto paredão, por causa dos votos que irão talvez debandar ou se concentrar nele com o objetivo de eliminar a Aline. Diego pode dançar por causa dessa combinação de fatores muito bem arquitetada. Ou o Marcelo, que está querendo enfrentar a Aline no paredão.

Muitos (pelo menos 4) não vão querer comprar essa briga talvez e onde irão descartar seus votos? Ou seja, Diego pode ser eliminado com a mesma estratégia em que eliminaram a Fran. Vanessa e Clara meio que já combinaram votar nele e se a Polly ou Aline ou Angela votarem nele também…

Se fosse uma piada não seria tão engraçado. Quando sortearam quem iria realizar a Prova do Anjo, 4 pessoas tiraram bolinhas brancas e 4 ficaram com as bolinhas pretas. Sem saberem de nada os concursantes e os telespectadores e assinantes do PPV, ou que tenham se “preocupado” na direção em informar bulhufas a priori qual a cor que determinaria quem faria a prova, foi feita uma escolha. Vamos rir, para espantar a tristeza?

– Quem irá fazer a prova, “voz”? Quem tirou bolinha branca ou bola preta?
– Depende… Quem tirou branca ou preta? (perguntou a “voz”)
– Brancas: Aline, Clara, Polly e Vanessa. Pretas: Angela, Cássio, Diego e Marcelo…
– Então os que farão a Prova serão as brancas, disse a “voz”.

LOL. Teria sido uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher? Nananina não! Foi uma homenagem à burrice, ao parcialismo, ao farisaísmo e muitos outros ismos, mas nunca à mulher. LOL.

Aliás aqui vai uma homenagem a elas:
Mulher, mulher, mulher, mulher, mulher, só a mulher!
Uma mulher, duas mulher, três mulher, quatro mulher.
Cinco mulher, seis mulher. Sete mulher, oito mulher, nove mulher, dez mulher!

“Unknown 7 de março de 2014 17:06
Olá Frank!
…Estou vendo com os meus olhos e respeitando a visão das outras pessoas, inclusive a sua meu ídolo! rsrsrs.
Beijo
Maria Clara”
Te gosto muito, Maria Clara, mas não confie em que vou deixar de dar um puxão de orelhas quando achar que pisou na bola. Um abraço gigante e passe por cima disso. Nossa amizade não corre riscos e não significa que devemos dizer amém para tudo! 
“luciadacarolina 7 de março de 2014 18:08
Frank… eu outra vez… Carolina do Norte (get it?)
Eu fiquei aqui com os meus botoes pensando porque o Diego nao apoiou a Fran nesse paredao, e os meus botoes me falaram que ele estava se sentindo sufocado e a Fran saiindo ele poderia se focar mais no jogo. E achei ele mais descontraido e brincando e conversando mais com o grupo e mesmo assim ele continua percebendo os jogos individuais de cada um. A minha pergunta e a seguinte: Se o Diego engatasse um romance com a Tatiele (ja que a Angela e bem sem gracinha, conforme ele) sera que ele se prejudicaria no jogo? A outra questao: A Vanessa usando a r…a do Slim, como ficaria a torcida Clanessa?”
Got it! Come anytime you want! Um romance em RS sempre tende a isolar um casal, mas isso é compensado amplamente junto à audiência quando os sentimentos são verdadeiros. Diego sabe que poderia se prejudicar atendendo aos apelos sexuais da Fran. Numa sociedade machista a mulher liberada tende a ser mais rejeitada que o homem. Num RS ocorre o contrário se o homem aproveita-se, ou é tido como aproveitador por jogo, da carência sexual e emocional de uma mulher. Na Fazenda (F6) o Mateus “dançou” em relação à Barbara porque ficou patente que não a respeitou nessa questão e por outros comportamentos.
Qualquer atitude “fura olho” em RS é mal vista (Beto e Aryane – F6 – são exemplos clássicos disso). Letícia foi um exemplo também e a caracterização de tal nem ficou plenamente estabelecida. Portanto, Vanessa, Diego e Slim não podem entrar “nessa” enquanto estiverem no confinamento e muito menos a Aline, por mais que se tratem de justificativas relacionadas com reais sentimentos. A audiência jamais acreditará ser isso (sentimentos), a não ser que seja muito evidente. 
Marcelo está desenvolvendo um comportamento “galinha” e é o menos vulnerável nessas “paradas”, apesar de que esse tipo de comportamento também é mal visto, embora menos, mas é aprovado no machismo, ainda mais em se tratando da “regeneração” (literal e figurativamente) de uma pretensa “lésbica”! LOL. Valter tem “marimbondo no pé” dentro e fora do confinamento. Sacou? Hughs!
“Lisa S 7 de março de 2014 17:51
Nossa Frank, por que tu estas tão revoltado?”
Engano seu, Lisa! Não estou revoltado. Sempre me guio pela razão e nunca ou quase nunca deixo as emoções atrapalharem meu raciocínio. Tenho muitos anos de estrada e estou acostumado a ver injustiças em RSs. Já vi tantas que chego a achar natural. O que me poderia irritar talvez seria a burrice, tanto coletiva quanto individual, principalmente quando desnecessária e sem nenhuma razão prática. 
Meu zelo maior é quanto ao RS em si, não em relação a concursantes em especial, os quais apenas estudo, embora reconheça que são as peças principais desse tipo de entretenimento. Essa no entanto não é a posição dos realizadores e das torcidas mafiosas. E Lisa, é mais fácil o BBB acabar por causa de pessoas como você do que o Votalhada morrer. O mundo dos RSs não se resume ao BBB da Globo. Sacou?
Sabe o que disse Deus na piada em que reclamaram que ele não colocou desertos, geleiras, vulcões, terremotos, ciclones, tufões e outros flagelos da natureza no Brasil? Ele disse: “Vade e vede o povinho que botei lá!”
“Simone 7 de março de 2014 19:59
Frank não concordo que a torcida do Diego não ajudou, aliás posso afirmar, a somatória dos votos do mutirão de carnaval foi superior ao paredão Roni x Diego, o q aconteceu é o que geralmente acontece no carnaval, outro publico votando”
Tudo bem, Simone! Foi uma combinação de fatores em minha opinião. Estou apenas expressando o sentimento de partes das torcidas. Nesse mutirão de que você fala teve gente fazendo corpo mole na opinião de quem acompanha. Embarcaram na onda das enquetes que indicavam um favoritismo maior da Fran e, é verdade que numa Final, ela provavelmente teria vantagem. 
A eliminação da Fran teria sido, por essas suposições, mais por culpa de uma parte de Dieguistas do que de torcedores contra o casal. Não adianta esconder a verdade ou chorar o leite derramado! Como falei, um nada é pior do que um segundo lugar. Se era isso que queriam, pois seja! Agora terão que rachar o dedo votando no Site Oficial em futuros paredões e, não só com o Diego em paredões. Marcelo, Angela, Cássio e Polly tendem a subir nas “cotações” e a “ação” Diego virar um papel “vendedor”, ou em baixa.
BBB NL 7 de março de 2014 20:08
Frank,não tenho preferidos nessa edição.Sei lá,na fazenda eu torço muito e muito e já no BBB eu não tenho torcida declarada.Eu prefiro a fazenda e vc?
Prefiro RSs que tratem os concursantes com igualdade e equidade, mostrem tudo e que busquem audiência com soluções que não envolvam interferências e injustiças. Nesses quesitos o GH da T5 da Espanha está 10 anos-luz à frente.
Como em todo RS a direção está em mãos de amadores nessa modalidade e a Telecinco peca quando faz debates fora do confinamento e em outros programas da emissora para direcionar a audiência. Também as entrevistas que fazem aos eliminados quando ainda estão atarantados e psicologicamenre debilitados é de uma impiedade e crueldade sem nome. Os realizadores brasileiros copiam isso e deixam de copiar o que o RS espanhol tem de bom.
“Giuliana Rangel 7 de março de 2014 21:25
Bial perdeu uma grande oportunidade de ficar caladinho. Ficou mt feio para o lado dele. Azar o dele que, devido essas imbecilidades da produção contra o Diego, faz com que o público torça ainda mais por ele. Haha.. me divirto!”
Uau, Giuliana! haja fôlego! Disse tudo e mais um pouco. LOL. Remeto os nossos visitantes para seu “comentário-artigo”. Parabéns!
“sonia correia 7 de março de 2014 19:47
Com relacao a prova do lider ontem, que baixaria heim? O cara teve q agredir a Aline para passar na frente e vencer! Lideranca sem honra!”
Também achei que o Slim prejudicou a prova da Aline, intencionalmente ou não. Seria o caso de repetir a prova somente com os dois. A “infração” (uma delas) foi cometida bem na frente de um “fiscal” de prova e o dito cujo ficou impassível, sem se manifestar. As infrações não são como as faltas em futebol, onde o que vale é a intenção. Aliás em casos assim, costuma-se apitar tiro indiretos ao gol ou “bola ao alto”. Não falei isso antes porque queria ver o resultado da Prova do Anjo e ver o que estavam “aprontando” para os rumos do RS. Certamente mais injustiças e manobras estariam a caminho.
“Annita maciee l7 de março de 2014 23:02
..Já está na hora de assumirem que se Diego ainda carrega algum favoritismo, Marcelo também. Afinal são deles sempre as maiores visualizações e comentários favoráveis no site do gshow e twitter, e ele desponta nas enquetes de vários sites como o favorito e como o que tem pouca rejeição…”
Você foi bem eloquente e clara em seus argumentos um tanto heterofóbicos, Annita. E vê-se que domina bem a arte da linguagem e da redação. Mas isso não é suficiente. Há que ter também uma visão menos ortodoxa das coisas, ser mais condescendente e não apenas aparentar. Belas palavras precisam do complemento da honestidade e do equilíbrio. Você confunde gostos com preconceitos. 
Não gosto de amarelo, portanto tenho preconceito contra amarelo? Prefiro mulheres sexualmente, então tenho preconceito contra homens? Acho mulheres mais agradáveis de ver, em qualquer situação. Sou homofóbico? Não é bem por ai, senhora! Judiar do Diego não aumentará o brilho do Marcelo. É isso que quer fazer?
A escuridão de seus pensamentos esconde seus conceitos heterofóbicos. Está exagerando nas cores e fazendo uma salada de preconceitos que nada tem a ver. Se é tão observadora descubra traços de homofobia e racismo em meu texto acima colocados de propósito. Em seu texto sou capaz de apontar trechos e sinais heterofóbicos e vejo adjetivos e interpretações maldosas com objetivos de torcida contra e a favor. Porquê não só a favor? É mais efetivo! Devagar com o andor que o santo é de barro.
Ninguém falou que concursantes de Reality Shows têm que ser modelos de probidade, pessoas inatacáveis moralmente ou esteios da sociedade. Seu menino de ouro agrediu verbalmente uma mulher poucas horas depois de você tê-lo defendido. Judiou de uma judia, captou? E agora? Seria o caso de dizer que ele é anti-semita? Ou serei eu igualmente anti-semita porque usei esse verbo? Você se enganou a respeito dele? Ele comemorou muito bem o Dia Internacional da Mulher nas primeiras horas de seu dia mais importante, o que celebra a mulher. 
Enquetes de preferências, Gshow e twitter? Ora, vamos! Busque fontes mais confiáveis ou a observação direta dos concursantes e não apenas na TV aberta. Votalhada dá de dez a zero neles. Seus visitantes e colaboradores são a nata dos apreciadores de RS pelo menos. Fora isso, centenas de outros blogs/sites são fontes mais confiáveis que esses dois citados por você. Acorde, mulher! Sua ineteligência está sendo desperdiçada! Faça isso em respeito ao seu próprio dia. E por favor não venha me dizer depois que estou defendendo machistas e homofóbicos. Só não estou concordando com suas agressivas colocações nesse contexto de Realities e sobre esses temas. Só isso.
Quando se trata de alguém chucro e iletrado faço vista grossa, mas quando se trata de alguém capaz de influenciar mercê da cultura e preparo com más intenções ou terceiros interesses, bato de frente se tentar fazer gracinha!
Vamos baixar a bola um pouquinho e comparar os concursantes apenas com os demais concursantes. O que passar disso será preciosismo e conversa oca para aparecer para alguns minutos de celebridade, e entrando em um tema tão polêmico. Brasileiro é machista, femista, homofóbico, inconsequente, displicente, irresponsável, etc, de um modo generalizado ou um pouco além do normal (isso é o que mostram as enquetes) e, suas elites são petulantes, burras, exclusivistas, egoístas e arrogantes em grande parte, vamos admitir. Isso precisa ser consertado e corrigido, mas não é assim, “metendo o pé”! Muita calma nessa hora!
“Polar 8 de março de 2014 11:47”
Bial mencionou uma conversa, ou melhor, um debate entre vários, que existiu de fato em duas oportunidades, uma antes e outra depois que o Bial referiu-se a isso. A conclusão a que chegaram foi que o Diego não sabe o que é preconceito e não sabe a diferença entre gosto e preconceito. Aliás tal é muito comum, isto é, saber onde está o limite entre gosto e preferência e o que é preconceito. Até expoentes da sociedade e pessoas instruídas em linguagem “dançam” nessa.
A noite inteira bateram martelos no quintal da casa para as obras com as quais pretendem nos surpreender mais tarde. Nesse ínterim, realizaram uma Prova do Anjo pela manhã onde a Polly ganhou mais um carro e a auto-imunização.

Ao que tudo indica, a tal “pilha” era isso, deixar os concursantes confinados dentro da casa, talvez por mais de 24 horas seguidas. A Fazenda está fazendo escola. LOL.

Essas provas não mostradas ao vivo são excelentes maneiras de fazer falcatruas sem que os telespectadores e internautas possam descobrir as falhas ou as malandragens perpetradas. Mais uma cópia da Fazenda. Ave Maria Gratia Plena.

   Twitter: @frankkiller04 (twitter.com/frankkiller04)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.