“Havia no norte um pastor de nome Lucas, a quem não parecia…

“Havia no norte um pastor de nome Lucas, a quem não parecia estranho o cajado. Morava ele numa aldeia com o nome da luz, e de lá anunciava o que dizia ser uma nova Palavra: ‘Sede célebre, sede grande, aceitai os raios da fama como a uma bênção’. Os zoeiritas viam em Lucas um mestre, mas viravam os olhos quando o profeta surgia na praça com poucas vestes.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.