Flamengo-PI supera campo alagado, bate Colorado e garante classificação

Por 

Os gols rubro-negros foram marcados todos no primeiro tempo. Primeiro com Joniel, que aproveitou de cabeça cruzamento de Alex. Depois foi a vez do próprio Alex receber passe de Joniel e acertar um chute de fora da área. 
O 4 de Julho diminuiu nos acréscimos do segundo tempo, com Pretinho de pênalti. O Colorado já estava eliminado do Piauiense. O Flamengo-PI terminou a fase de classificação do primeiro turno na segunda posição e passou para as semifinais, onde irá enfrentar o Parnahyba. Antes da fase decisiva, o rubro-negro enfrenta o Atlético-GO na próxima quarta (12), pela Copa do Brasil.
Joniel abre placar 
Precisando da vitória para se classificar sem depender de outros resultados, o Flamengo-PI já começou o jogo partindo para cima. Logo aos 3 minutos, Marcinho recebeu dentro da área e caiu. O banco do rubro-negro pediu pênalti, mas o árbitro não marcou nada. Pouco depois, Joniel ganhou da zaga e avançou mas, mesmo dentro da área e cara a cara com o goleiro, preferiu recuar para Marcinho, que chutou em cima da zaga.
4 de Julho x Flamengo-PI (Foto: Wenner Tito/Globoesporte.com)Chuva forte no Ytacoatiara deixou campo alagado (Foto: Wenner Tito/Globoesporte.com)


Passados os dez minutos iniciais, o 4 de Julho cresceu na partida e equilibrou forças com o Flamengo-PI, chegando a assustar. Primeiro em um chute cruzado, que passou ao lado do gol de Robson, e depois em um cruzamento para área que o goleiro segurou antes que os jogadores colorados chegassem para completar para as redes. O jogo ficou mais lento e com menos chances claras de gol.
O campo pesado, alagado pela chuva forte que caiu até pouco minutos antes do início da partida, dificultava a troca de passes e muitas jogadas ficavam interrompidas pelo meio. A ação só voltou nos minutos finais, quando o Flamengo-PI encontrou o caminho do gol. A rede balançou pela primeira vez aos 30 minutos.
Após cobrança de lateral, Alex cruzou da esquerda e Joniel subiu mais que todo mundo para cabecear para o gol, abrindo o placar. Dez minutos depois, foi a vez de Joniel retribuir a gentileza e dar uma assistência para Alex, ao tocar para o meia na entrada da área, de onde ele acertou um chutaço, sem defesa para Zé Filho, dando números finais ao primeiro tempo
Pretinho desconta, mas Fla-PI fica com vaga 
O 4 de Julho voltou do intervalo com uma alteração: saiu Marcos Vinícius e entrou Ítalo Pica-Pau. A mexida deu resultado, pois a prata da casa deu mais gás e movimentação no ataque do 4 de Julho, que começou o segundo tempo pressionando mais. No entanto, as tentativas de marcar, que quase sempre tinham a participação de Pica-Pau, paravam sempre na zaga rubro-negra. 
Com a classificação bem encaminhada, o técnico Daniel Frasson decidiu resguardar sua defesa, sacando o meia-atacante Darlan e colocando o volante Célio. Como era de se esperar, a mudança tática manteve o 4 de Julho na pressão, mas o Colorado não conseguia aproveitar as chances criadas, geralmente errando o último passe ou a finalização.
4 de Julho x Flamengo-PI (Foto: Wenner Tito/Globoesporte.com)Mais fraco no segundo tempo, Fla-PI só atacou aos 35 minutos (Foto: Wenner Tito)
O Flamengo-PI só veio assustar aos 35 minutos, quando Marcinho chutou para fora após boa triangulação. Diguinho respondeu do outro lado, também chutando para fora uma bola de dentro da área. Nos minutos finais ele ainda desperdiçou uma chance incrível, ao mandar quase para a bandeira de escanteio uma bola que recebeu na entrada da pequena área. O 4 de Julho só marcou nos acréscimos, quando Pretinho sofreu e converteu pênalti.

Melhor para o Flamengo-PI, que fez o que tinha que fazer, venceu o adversário e garantiu a vaga nas semifinais do Campeonato Piauiense.
Fonte:Globoesporte.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.