Executivo que atua em Genebra irá presidir Caterpillar a partir de junho

A Caterpillar Brasil anunciou nesta sexta-feira (28) que o executivo Odair Renosto, de 53 anos, será o próximo presidente da companhia, sediada em Piracicaba (SP). Ele assumirá a função em 1º de junho no lugar de Luiz Carlos Calil, que decidiu se aposentar após 45 anos de trabalho no grupo. Renosto trabalha na Caterpillar há 33 anos e desde 2012 atua no escritório em Genebra, na Suíça, como gerente regional de produção no mercado de motoniveladoras, carregadeiras e tratores de esteiras de médio porte na América Latina, Europa, África, Oriente Médio e Ásia.
Odair Renosto, novo presidente da Caterpillar Brasil (Foto: Caterpillar)Odair Renosto, novo presidente da
Caterpillar Brasil (Foto: Caterpillar)
O novo presidente, natural de Laranjal Paulista(SP), iniciou carreira na empresa em 1981 na função de auxiliar de importação e exportação e ocupa cargos de liderança há 25 anos nas áreas de finanças, planejamento de materiais, negócios, introdução de novos produtos, operações de produção e estratégia de produtos. Na função de presidente, Renosto irá liderar as operações das unidades de Piracicaba e Campo Largo (PR).
“Conquistamos a liderança nos mercados em que atuamos graças à base sólida que construímos ao longo de nossos 60 anos de presença no Brasil, trilhando o caminho do crescimento sustentável. Estou muito satisfeito pela nomeação feita pela corporação e também feliz por voltar para o Brasil”, disse, por meio de assessoria de imprensa. Ele é formado em administração de empresas e tem MBA para executivos e em gerenciamento de negócios.
Renosto será responsável por todos os processos da cadeia de valor de manufatura para tratores de esteira, escavadeiras hidráulicas, motoniveladoras, carregadeiras de pequeno e médio portes, retroescavadeiras, compactadores de solo e componentes relacionados a esses produtos. Ele também assumirá a função de “country manager” no Brasil, atuando na promoção da marca, no relacionamento com a mídia e na representação da empresa junto ao governo.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.