Detro suspende ônibus que circularia entre Petrópolis e Areal, no RJ

Fernanda Soares


Prefeito Rubens Bomtempo viajou no ônibus irregular (Foto: Aline Rickly)Prefeito Rubens Bomtempo viajou no ônibus irregular (Foto: Aline Rickly)
A circulação dos ônibus da Posse, 5º distrito de Petrópolis, até o município vizinho de Areal, na Região Serrana do Rio, foi frustrada pelo Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro) nesta segunda-feira (24). A extensão da linha, que começou a funcionar neste domingo (23) e só durou um dia, fere a legislação, já que se trata de uma empresa com licença para transporte urbano fazendo viagens intermunicipais.
Para divulgar a “parceria” entre os municípios, o prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo, chegou a fazer a viagem considerada irregular pelo Detro. “As prefeituras não têm autonomia para ‘legislarem’ sobre trajetos intermunicipais. Estes só podem ser operados mediante a autorização do Detro, que é o concedente do serviço”, disse o órgão em nota enviada pela assessoria de imprensa.
A prefeitura lamentou o fato e afirmou que vai interceder junto ao órgão para tentar reverter a situação. Em nota, o governo municipal de Petrópolis disse que a suspensão do serviço prejudica a população das duas cidades que há anos espera pelo atendimento. “Não prevaleceu o bom senso e o espírito público”, afirmou Bomtempo, por meio da assessoria de imprensa.
Para evitar prejuízos à população, a empresa Turb, que opera a linha Posse X Gaby, responsável pelo novo trajeto, colocou fiscais no centro de Areal. Eles passaram o dia informando que os ônibus não circulariam entre as duas cidades por ordem do Detro. A empresa informou, através do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Petrópolis, o Setranspetro, que aguarda o entendimento entre os órgãos gestores. O Detro notificou um dos veículos da empresa flagrado durante a fiscalização na viagem sem autorização. “O trajeto é concedido à Progresso”, disse o departamento.
Segundo o Detro, ao tomar conhecimento da intenção da prefeitura de Petrópolis, o diretor técnico operacional, João Cassimiro, tentou contato com o secretário de transportes do município, Gilmar Oliveira. “Este não retornou o contato. Sendo assim, o Detro não foi oficialmente comunicado sobre esta ‘parceria’ entre municípios sobre um assunto de sua competência”, apontou a nota enviada pelo órgão. Apesar de questionada, a prefeitura de Petrópolis não se pronunciou sobre o fato.

Ao anunciar a novidade, o prefeito Bomtempo afirmou que “a medida beneficia os moradores dos dois municípios, principalmente os trabalhadores”. A prefeita de Areal, Waldete Braziel, também ressaltou que a extensão da linha de ônibus representaria um avanço para o município. “Essa parceria é muito importante”, salientou.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.