Ciberataque deixa Síria sem internet por algumas horas

O acesso a internet ficou totalmente interrompido por algumas horas na Síria nesta quinta-feira (20), segundo várias empresas de acompanhamento de tráfego da rede, por causa de um ataque reivindicado por um grupo denominado Exército CiberEuropeu.
Várias companhias que supervisionam o tráfego de dados pela internet, como Renesys, Akamia e Google, informaram que a suspensão começou às 14h26 local (9h26 em Brasília) durante horas em todo o território sírio, menos em Aleppo, no norte do país.
O serviço não foi interrompido na cidade, que fica no norte do país, por estar vinculado à rede turca.
O chamado Exército CiberEuropeu reivindicou o ataque em sua conta no Twitter e explicou que foi em represália “pelos ataques do Exército Eletrônico Sírio (EES) contra o Ocidente”, em referência a um grupo de hackers sírios, partidários do regime de Bashar al Assad.
O EES já atacou sites de veículos da comunicação ocidentais e recentemente sabotou as contas do Twitter do Barcelona.
‘”Avisamos que eliminaremos a Síria da internet, não fazemos ameaças banais”, ameaçou o exercito CiberEuropeu.
Os cortes de internet são frequentes no território sírio desde o início do conflito armado há três anos.
Fonte:EFE e G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.