Candidata se sente lesada em prova de concurso da Policia Militar de SE

Uma candidata ao cargo de soldado da Policia Militar, que prefere não se identificar, se sentiu lesada ao realizar a prova de flexão neste sábado (29), na Universidade Federal de Sergipe.
“Comecei a fazer a flexão sem tempo mínimo ai quando cheguei na décima terceira ela pediu  para que eu corrigisse o quadril. Repeti e ao atingir a vigésima terceira ela disse que estava eliminada”.
O coordenador técnico da fundação que administra a prova, Lúcio Nogueira, argumenta que os avaliadores seguem à risca as regras do edital do concurso que tem a fase de aptidão física como eliminatória.
“As pessoas estão sendo reprovadas porque não estão copnseguindo atingir o mínimo estabelecido pelo edital. Os candidatos tem o hábito de não ler por completo e nós estamos seguindo rigorosamente o edital”, explica.
De acordo com a Policia Militar, cerca de 3 mil pessoas foram convocadas para esta etapa do concurso. Os candidatos fazem cinco atividades: corrida, barra, flexão, abdominal, natação.
O advogado, André Kazucas, que representa os candidatos, esteve no local e disse que vai recorrer á justiça.
Na ocasião, outros candidatos conseguiram bons resultados e o que não faltou foi incentivo de quem estava a observar os que se esforçavam para terminar a prova.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.