#BBB14 – Falando de Paredão (Cassio, Marcelo)

Cassio e Marcelo: a luta do bem contra o mal. Quem vence? (foto reprodução Globo)

por @GiseleSantos_

Se fosse combinado, não daria tão certo. Um Paredão com duas pessoas que brigaram. Agora está nas mãos do público ou sabe-se lá de quem para dizer qual participante está certo. 
Mas com tanta inversão de valores nessa temporada do BBB14, a pior da história do reality, não será nada surpreendente o errado continuar no jogo. Afinal, nesse BBB, quem engana melhor permanece e até poderá vencer.

Falando dos Emparedados

foto reprodução Globo.com

Cassio (Terceiro Paredão)

Ele é aquele cara gente boa que muita gente gostaria de ter como amigo. É um gigante com alma de criança. Diverte a casa e muitos entre o público, mas várias vezes exagera com suas brincadeiras fora de hora. A cena inesquecível e hilária foi quando Cassio – logo nos primeiros dias – chorou por se achar gordo e feio. Parecia um menino com medo de uma amostra grátis desse mundo cruel e preconceituoso.
Depois perdeu a vergonha, dançou e rebolou. E nadou pelado. Foi julgado por isso e também julgou Vanessa por andar de calcinha e sutiã, e Diego pelo banho nu. Entre erros e acertos, Cassio sempre seguiu seu coração garotão.
Atirou em que viu e acertou o que não viu. Cassio é coração, mas bobo é de quem o chama de bobo e subestima sua inteligência. Muita coisa Cassio enxerga perfeitamente dentro do jogo. Ele tem opinião e, mesmo criticado o tempo todo, faz o que acha certo. Um exemplo foi quando a maioria estava contra Letícia e ele não a abandonou, apesar de saber exatamente todos os erros que ela cometeu – mas preferiu deixar o público julgar. Outro exemplo foi quando apontou o jogo de Vanessa, que usa a Clara e a causa GLS. A enfrentou, brigou, jogou no Paredão, e sem guardar rancor foi tentando conviver até se acertar com ela.
O maior erro do Cassio foi falar mal de Franciele e Diego, que sempre orientavam ele e foram seus amigos de verdade. Além de dar ênfase na conversa sobre adoção de crianças por casais gays, o tempo todo martelando como se Diego fosse homófico – tanto que isso pesou bastante na eliminação do carioca com um empurrãozinho do Bial que deturpou tudo e não mostrou as imagens da conversa na íntegra.
Enfim, Cassio se jogou nesse Paredão por agir com o coração, tentando defender uma mulher – que  não o agradeceu por isso. Cassio viu Marcelo beijando Angela bêbada. Pode ter exagerado nas acusações, mas ele viu o que todos nós vimos e a edição não escondeu. 

foto reprodução Globo.com

Marcelo (Quinto Paredão)

O jogo do coitadismo continua. Ele já sacou que esse teatrinho dá resultado, pois volta dos Paredões seguidamente. Marcelo esfrega os olhos com força pra fingir um choro, olha para as câmeras, se isola. Não podemos negar que essa tática já deu certo em edições anteriores, conforme a Veja ‘desenhou’ muito bem (leia aqui).
Marcelo nesse sábado, 22, estufou o peito e disse “daqui não saio”. Claro que ele tem essa prepotente certeza! Quebrou a casa, sem punição alguma da direção, e voltou do Paredão tendo seu lado vândalo apoiado por grande parcela do público. Ele acha que está certo. E pelo jeito continuará pensando isso, pois as parciais das enquetes mostram sua permanência mais uma vez.
Cansamos de falar aqui no Blog e no Twitter e no Facebook, desde o início do BBB: Marcelo faz um personagem de moço bom, mas a máscara sempre cai e ele mostra como é violento – com nítidos distúrbios psicológicos. E desde a primeira vez que ele foi emparedado, comentamos que seria melhor eliminar o cara – pois o prêmio já seria dele. Alguém ainda duvida disso?
CONFIRA TAMBÉM:

#BBB14 – Na internet está mais divertido do que no PPV
#BBB14 – Podcast #FalandoDeBBB : Censurar pode e quebrar tudo também
#BBB14 – Carta aberta ao Diego
#BBB14 – Vamos falar as verdades?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.