Árbitro relata xingamentos de Evair: ‘Filho da p…’ e ‘Tem que ser homem…’

Em um relatório extenso de oito páginas, o árbitro Antônio Santos Nunes registrou na súmula da partida Parnahyba x River-PI, válida pela primeira rodada do returno do Campeonato Piauiense, os fatos que culminaram para a expulsão de Evair, demitido do comando tricolor logo depois da confusão no Estádio Verdinho, em Parnaíba. Além dos gestos obscenos, o juiz narrou xingamentos do ex-treinador tricolor e um comportamento considerado “inadequado” e “agressivo”.
Na súmula, Antônio Santos contou que, aos 40 minutos do primeiro tempo, Evair se dirigiu de forma desrespeitosa, reclamando acintosamente logo depois da marcação de uma falta contra o River-PI. Segundo o árbitro, o treinador teria dito: “Foi falta não c…, marca uma para nós, só marca falta para eles”. O arbitro ainda continua o relato: 
– O citado treinador tendo nessa oportunidade dirigindo-se a arbitragem de maneira muito agressiva, gesticulando acintosamente e aos gritos proferindo várias ofensas morais contra a arbitragem dizendo: ‘vai querer aparecer em cima de mim c…, seu palhaço, são todos contra o River-PI, já vieram a mando da federação para prejudicar o River-PI, quero saber porque tu vai me expulsar, seu filho da p…’. Imediatamente, ele foi excluído do banco de reservas – descreveu Antônio Santos. 
No documento, o árbitro revelou que Evair permaneceu por cinco minutos hostilizando o quarto árbitro, Antônio Sérgio de Sousa, e o delegado da partida, o coronel Jaime Oliveira, sendo preciso da intervenção da Polícia Militar para retirá-lo do estádio. 
Evair confusão na saída do vestiário em Parnaíba (Foto: Elmadã Gonçalves / Torcida Azulina)Evair confusão na saída do vestiário em Parnaíba (Foto: Elmadã Gonçalves / Torcida Azulina)
– No instante em que deixava as imediações do banco de reservas, Evair se dirigiu mais uma vez de forma ofensiva, dessa vez contra o assistente Thyago Costa Leitão, fazendo gestos obscenos, pegando em sua genitália, e dizendo: ‘Tem que ser homem c…’, e também com esses mesmos gestos apontando para os torcedores do Parnahyba. (…) Não satisfeito, quando já se encontrava no túnel de acesso aos vestiários, continuou fazendo gestos obscenos dessa fez para o gandula do jogo, que revidou jogando a bola em suas costas. Todos esses fatos foram presenciados pelo delegado do jogo – narrou Antônio Santos. 
Através de uma conta na rede social, Evair comentou a confusão em Parnaíba. Após a demissão do River-PI, o ex-treinador do Galo também usou a internet para falar sobre o assunto. 
– Estou voltando para São Paulo e com calma e cabeça fria terei a possibilidade de contar meu lado da história da confusão no Piaui. Podem ter certeza que não vou me calar! Todas as histórias têm dois lados. E ainda não ouviram o meu – publicou Evair.
Sequência de Evair na confusão em Parnaíba (Foto: Reprodução)Sequência de imagens mostra revolta de Evair na derrota em Parnaíba (Foto: Reprodução)
Fonte:Globoesporte.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.