Adolescente de 14 anos é suspeito de estuprar menina de 2 anos

Patrícia Belo

Uma criança de 2 anos foi estuprada durante a noite dessa quinta-feira (13), no bairro Santa Luzia, em Coronel Fabriciano. Segundo informações da Polícia Militar, os parentes da menina disseram que as familías são amigas, e que estavam na casa da mãe do adolescente de 14 anos no momento da violência sexual.
Ainda de acordo com o capitão da PM, Juvelcino Júnior, os pais da vítima e do suspeito conversavam quando ouviram os gritos da menina. Ao chegar no local, que seria a laje da casa do adolescente, eles encontraram a menina, seminua, e com um sangramento entre as pernas.
“Os pais da criança informaram que a menina e o adolescente estavam no mesmo lugar em que todos conversaram durante a noite, e que passados alguns minutos, o menor pegou a criança e levou para o terraço da casa. A mãe da menina teria ouvido gritos da filha, e quando chegou na laje encontrou a menina sem calcinha e com um pequeno sangramento na região da vagina, e reclamando de dores”, diz.
O capitão explicou ainda que o adolescente se escondeu após o crime, e em seguida, ao notar a revolta dos parentes e amigos presentes, fugiu pela rua de trás da casa, e até o momento não foi encontrado.
A menina foi encaminhada ao hospital de Coronel Fabriciano para ser medicada e realizar exame de corpo delito. Na manhã desta sexta-feira (14), após o exame, ficou comprovado que a criança foi estuprada.

O capitão da PM ressalta a importância da vigilância redobrada dos pais para evitar que situações como essa aconteçam. “Os familiares precisam acompanhar de perto os seus filhos, que ainda são indefesos. Não deixar na companhia de qualquer pessoa e vigiar. A maioria de casos de estupros acontecem entre familiares e amigos”, diz.
Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.