Flix TV - Assista TV no PC

Uma Thurman explica porque ela nunca sorri para fotos


fonte: DIVULGAÇÃO


Uma Thurman explica porque ela nunca sorri para fotos

Uma Thurman explica porque ela nunca sorri para fotos

Quando Uma Thurman posa para fotos em premiações e outros eventos, ela raramente sorri e praticamente nunca mostra os dentes. A atriz revela em uma entrevista o motivo deste comportamento.

“Quando eu tinha dez anos, alguém me falou que eu tinha um sorriso feio. Então passei a minha juventude me sentindo mal em sorrir com a boca aberta”, conta ela para o Daily Mail.

Uma também comentou as mudanças fisicas que vêm com os anos. “Todos nós ficamos diferentes quando envelhecemos e na verdade acredito que há uma beleza nas pessoas mais velhas que é apenas diferente da beleza dos jovens. Você fica bonita como uma mulher madura, mas não parece que tem 12 anos. Se você tentasse, ficaria muito estranha”, reflete.

A atriz chocou ao aparecer em uma premiação no último mês de fevereiro com um visual totalmente diferente. A aparição rendeu boatos de que ela teria se submetido a tratamentos estéticos, mas ela garantiu que foi apenas uma maquiagem que não deu certo. 

 

Continue reading

Marca de Luciano Huck retira seção infantil do site e pede desculpas, mas ainda é criticada


fonte: Reprodução


Marca de Luciano Huck retira seção infantil do site e pede desculpas, mas ainda é criticada

Marca de Luciano Huck retira seção infantil do site e pede desculpas, mas ainda é criticada

Acusada de incentivar a pedofilia por uma estampa imprópria para crianças,  a marca UseHuck, do apresentador Luciano Huck, retirou a camiseta infantil com as inscrições “Vem Ni Mim Que Tô Facin” após crítica de internautas na última terça-feira (03). Toda a seção destinada para venda de itens infantis, inclusive, foi suspensa. 

O e-commerce fixou um aviso na página principal. “Este comunicado não tem o objetivo de justificar o injustificável; mas apenas explicar o motivo do erro”, começa a marca negando que houvesse uma maldade envolvida na frase e, sim, “apenas” falta de revisão. “Não nos eximimos do erro, nem de qualquer responsabilidade, mas é importante esclarecer que não houve a intenção de ofensa”, complementa a nota ao explicar que a estampa era da coleção de Carnaval para adultos e foi indevidamente replicada para os modelos infantis. 

Internautas, porém, acharam outras peças de gosto duvidoso no site, com destaque a camiseta especial em comemoração no Dia Internacional da Mulher sob os dizeres “Campeão Olímpica em Estouro de Cartão de Crédito”, acusada de sexismo.

Esta não é a primeira vez que a loja de Luciano Huck enfrenta a fúria de internautas. A marca também vendeu a camiseta com a frase “Somos Todos Macacos” horas após o jogador de futebol Daniel Alves sofrer ofensas racistas enquanto disputava um jogo em abril de 2014. A empresa foi acusada de oportunismo e a hashtag, inventada por Neymar e uma equipe de marketing, não foi para frente. 

Continue reading

Estreia de CQC será gravada

O novo cenário do "CQC" (Foto: Reprodução)

O novo cenário do “CQC” (Foto: Reprodução)

Parece que as mudanças da nova temporada do “CQC” vão além do elenco e cenário.

Segundo o colunista Flávio Ricco, o alto comando da Rede Bandeirantes estão um tanto cautelosos. Tanto que o primeiro programa, que estreiará na próxima segunda-feira (9), não será ao vivo como sempre foi. O programa será gravado horas de ir ao ar, para que seja possível realizar correções.

Dan Stulbach integrará a bancada com Marco Luque e Rafael Cortez.

Continue reading

França viola tratado que proíbe castigos corporais em crianças, alerta conselho


fonte: EFE


França viola tratado que proíbe castigos corporais em crianças, alerta conselho

França viola tratado que proíbe castigos corporais em crianças, alerta conselho

Da Agência Lusa

A França está violando a Carta Social Europeia por não proibir de forma “suficientemente clara” os castigos corporais em crianças, como as palmadas, alertou hoje (4) o Conselho da Europa.

O direito francês “não prevê uma proibição suficientemente clara, vinculativa e precisa” nem pela lei, nem pela jurisprudência, considerou a Comissão Europeia dos Direitos Sociais (Ceds).

O órgão, do Conselho da Europa, lamentou que “subsista uma incerteza” quanto a um “direito de correção” reconhecido pela Justiça francesa.

Essa situação constitui “uma violação” da Carta Social Europeia, de acordo com os peritos da Comissão Europeia dos Direitos Sociais. O alerta não é inédito, a mesma comissão já constatou, em três ocasiões, que o direito francês violava a Carta Social Europeia, mas pela primeira vez a decisão resulta de reclamação feita por uma organização não governamental de proteção às crianças, a Approach, com sede em Londres.

Criado em 1949 para defender os direitos humanos, a democracia e o Estado de Direito, o Conselho da Europa tem atualmente 47 Estados-Membros.

Continue reading