Borussia Dortmund fica no 0 a 0 com o Leverkusen e segue na lanterna do Alemão

... Read more »
January 31, 2015 / 0

Em confronto direto, Chelsea empata com City e segue tranquilo na liderança


fonte: EFE


Em confronto direto, Chelsea empata com City e segue tranquilo na liderança

Em confronto direto, Chelsea empata com City e segue tranquilo na liderança

No duelo mais aguardado do Campeonato Inglês nas últimas semanas, o líder Chelsea recebeu o vice-líder Manchester City e ficou no empate por 1 a 1, neste sábado, no estádio Stamford Bridge, em Londres, pela 23.ª rodada da competição. O resultado mantém a equipe londrina com cinco pontos de vantagem sobre o rival – 53 a 48 pontos.

Já a equipe de Manchester tem o que lamentar após o empate em Londres. Além de não conseguir encostar no Chelsea, ainda viu o rival Manchester United ficar mais perto na tabela de classificação, agora com 43 pontos, após a vitória sobre o lanterna Leicester City por 3 a 1. Sem contar com o Southampton, que joga neste domingo e pode chegar a 45 pontos.

Em campo, o jogo foi bem equilibrado e com muita força física. Quem conseguia se sobressair em uma dividida de bola, tinha a chance de armar um bom ataque. Assim, o Chelsea criou algumas chances e abriu o placar aos 42 minutos do primeiro tempo. Ivanovic deu um belo passe longo para Hazard, que recebeu a bola na esquerda, dentro da área, e cruzou rasteiro para Loic Remy marcar.

O que o Chelsea não esperava era o Manchester City conseguir o empate ainda antes do intervalo. E ele veio, aos 45 minutos, em uma falha de alguém que pouco, ou nada, erra: o goleiro Courtois. Após cruzamento da direita, o belga não cortou bem a bola para fora da área e ela ficou limpa para Aguero. O argentino, dentro da área, chutou cruzado e a bola foi desviada para dentro pelo espanhol David Silva quase na linha do gol.

No segundo tempo, os times diminuíram o ritmo intenso de jogo e preferiram não correr tantos riscos a ponto de sofrer o segundo gol. Assim, pouca coisa de bom pôde ser visto. Só aos 31 minutos que a torcida do Chelsea se inflamou no Stamford Bridge, mas não foi por alguma chance de gol criada. Era a entrada em campo do meia Frank Lampard, ídolo do clube e hoje no Manchester City, no lugar do brasileiro Fernando.

Secretaria Estadual lançará cartilha de recomendações aos serviços de saúde de como lidar com a crise hídrica


fonte: Fabio Braga/Folhapress


Secretaria Estadual lançará cartilha de recomendações aos serviços de saúde de como lidar com a crise hídrica

Secretaria Estadual lançará cartilha de recomendações aos serviços de saúde de como lidar com a crise hídrica

A secretaria Estadual de Saúde pretende lançar uma cartilha de orientação aos serviços de saúde de como utilizar a água racionalmente em seus procedimentos.

-

Em entrevista à repórter Izilda Alves, o secretário Estadual de Saúde, David Uip, afirmou que reunirá na próxima quinta-feira diversos representantes da área entre responsáveis por hospitais, autarquias e secretários de saúde de todo o Estado. “É uma convocação a todo mundo, nós vamos estabelecer essa cartilha onde existem uma série de procedimentos que são muito interessantes e podem, de uma forma solidária, ajudar nesse momento em que precisamos usar a água com racionalidade’, afirma.

De acordo com Uip, a cartilha será elaborada também em conjunto com a Sabesp e organizará dicas de como economizar água e lidar com a situação sem que o atendimento seja prejudicado. “A população vai continuar sendo assistida da melhor forma, mas teremos uma normatização própria para todos os serviços de saúde do Estado de São Paulo.”

Chinaglia nega que PT tenha proposto rodízio na Câmara


fonte: Pedro Ladeira/Folhapress


Chinaglia nega que PT tenha proposto rodízio na Câmara

Chinaglia nega que PT tenha proposto rodízio na Câmara

O deputado Arlindo Chinaglia (SP), apoiado pelo governo para vencer as eleições à presidência da Câmara amanhã, reagiu com indignação à afirmação feita pelo vice-líder do PMDB na Câmara, Darcísio Perondi, de que o PT propôs ontem apoio à candidatura do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara. Em troca, Cunha e sua base teriam de se comprometer em apoiar um candidato petista à presidência da Câmara, daqui a dois anos.

“Se eu for responder a cada deputado que sonha, não se sabe se foi por causa do alimento pesado à noite, eu não conduzo a minha campanha”, disse Chinaglia, ao ser questionado sobre o assunto. “Isso é mais uma tentativa inócua de tentar tergiversar. Ele não devia estar preocupado com isso. Isso não ocorreu. É óbvio que não”, comentou o deputado.

Chinaglia ameaçou ainda contar supostos segredos da campanha feita pelo PMDB para promover a candidatura de Eduardo Cunha, mas não disse exatamente ao que se referia. “Se eu fosse jogar nesse nível, eu daria publicamente informações. Proponho ao deputado Darcísio Perondi dizer na minha frente se ele me autoriza a dizer o que eu sei sobre a campanha do PMDB. Está feito o desafio”, afirmou, sem mais detalhes.

A movimentação está intensa hoje nos corredores da Câmara, onde os candidatos à presidência da Casa e líderes de partidos tentam firmar apoio na reta final da eleição, que ocorre amanhã às 18:00.

Durante um debate que acontece neste momento na Casa, os quatro candidatos ao comando da Câmara chegaram a ficar lado a lado durante um debate, mas o tema ficou limitado a discussões sobre a reforma política.