Flix TV - Assista TV no PC

Em 1985, Tancredo Neves dizia no Congresso o que o Brasil precisava mudar


fonte: Jorge Araújo/Folhapress


Em 1985, Tancredo Neves dizia no Congresso o que o Brasil precisava mudar

Em 1985, Tancredo Neves dizia no Congresso o que o Brasil precisava mudar

Tancredo Neves debatia como poucos os problemas nacionais e tinha uma visão ampla dos desafios do Brasil.

Depois de ser eleito de forma indireta pelo Congresso no dia 15 de janeiro de 1985, o presidente fez questão de reverenciar a imprensa. A ditadura estava definitivamente enterrada – ele concedeu uma entrevista de quase duas horas em um local simbólico: o plenário da Câmara dos Deputados.

A pergunta principal: que iria mudar no Brasil? (Ouça todos os detalhes das falas históricas no áudio acima)

A entrevista do presidente Tancredo Neves, concedida em 1985, parece muito atual – um tema sempre presente: a inflação.

Um dos desafios de Tancredo Neves, que assumiria em 15 de março de 1985, era a dívida externa – ele pedia apoio ao Congresso Nacional.

Questionado sobre a necessidade de corrigir os salários dos trabalhadores, o primeiro presidente civil em duas décadas ponderava que não deveria tomar atos demagógicos para “criar um problema muito pior” no futuro. Ele reconhecu a importância da previdência.

Tancredo Neves esperava uma oposição responsável ao governo dele. “A oposição é normal para a vida democrática.”

O presidente da Nova República prometia acabar com as mordomias de Brasília.

Depois da entrevista, Tancredo Neves partiu para uma extensa viagem ao exterior.

Quis o destino que ele fosse internado às pressas em Brasília na véspera da posse, marcada para 15 de março de 1985. O vice José Sarney assumiu o cargo.

O país acompanhou 38 dias de agonia, a maior parte no Instituto do Coração em São Paulo.

Na noite de 21 de abril, um domingo, coube ao porta-voz da presidência, Antônio Britto, informar a nação:

“Lamento informar que o Excelentíssimo Sr. Presidente da República, Tancredo de Almeida Neves faleceu esta noite no Instituto Coração, às 22h23. Acrescento o seguinte: nos ultimos 50 anos, a vida pública de Tancredo Neves confundiu-se com sonhos e ideais brasileiros de união, de democracia, de justiça social e de liberdade. Nos últimos meses, pela vontade do povo e com a lidernaça de Tancredo, esses ideais se trasformaram na nova República. Com a mesma fé e determinação, o Brasil haverá de realizar os ideais do líder que acaba de perder, Tancredo Neves”, anunciou o porta-voz.

Tancredo Neves foi o responsável por garantir a transição do regime militar para a democracia.

O país que hoje encara a política com desconfiança, via o mineiro, há exatos 30 anos, como a esperança de novos tempos.

Continue reading

Babilônia: Vinícius aceita trabalhar com Teresa


fonte: Reprodução/TV Globo


Babilônia: Vinícius aceita trabalhar com Teresa

Babilônia: Vinícius aceita trabalhar com Teresa

A vida de Vinícius (Thiago Fragoso) começa a andar da maneira que ele sempre quis. Com tudo dando certo no amor, agora o advogado também recebe uma proposta de emprego única: trabalhar no escritório de advocacia de Teresa (Fernanda Montenegro).

Encantado com a grande oportunidade na carreira, ele pede para pensar, mas logo marca uma reunião com a futura chefe para contar o que resolveu. “Decidi aceitar o seu convite”, diz Vinícius, que não esconde o nervosismo.

“Que bela notícia, doutor! Estou muito feliz e você vai ser feliz aqui. Senta para eu dar algumas orientações sobre o funcionamento do escritório”, diz Teresa. A cena vai ao ar nesta terça-feira (21).

Continue reading

Combates em Deraa deixam 60 rebeldes e soldados do regime sírio mortos

Combates em Deraa deixam 60 rebeldes e soldados do regime sírio mortos

Cairo, 21 abr (EFE).- Pelo menos 37 combatentes rebeldes e 22 membros das forças leais ao regime sírio morreram nas últimas 24 horas em enfrentamentos na província de Deraa, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os combates continuam na região (sul da Síria) e os insurgentes recuperaram várias zonas perto da cidade de Basr al Harir, que foram ocupadas durante horas pelas forças governamentais.

Os rebeldes conseguiram reabrir assim a rota de abastecimento entre Deraa e o deserto sírio.

Além disso, capturaram como prisioneiros vários soldados e milicianos pró-governo e destruíram cinco tanques e caminhões de transporte blindados.

O principal grupo opositor que atua nas províncias do sul da Síria é a Frente Sulista, que conta com mais de 35 mil milicianos e é integrada pelo Movimento Islâmico dos Livres de Sham, o Movimento Muzanna e brigadas do Exército Livre Sírio, entre outros.

Esta força insurgente conquistou no início do mês do regime sírio o controle da passagem fronteiriça de Nasib, entre Deraa e a vizinha Jordânia.

A Frente Sulista rejeitou há seis dias qualquer tipo de cooperação com a Frente al Nusra, unidade síria da Al Qaeda.

A Síria é cenário de uma guerra civil desde março de 2011, que já deixou mais de 220 mil mortos, segundo a ONU. EFE

Continue reading

Promotoria de Catânia diz que 850 pessoas viajavam em pesqueiro que naufragou

Promotoria de Catânia diz que 850 pessoas viajavam em pesqueiro que naufragou

Roma, 21 abr (EFE).- A Promotoria de Catânia, no sul da Itália, disse nesta terça-feira que 850 pessoas estavam a bordo da embarcação que naufragou no domingo passado e avaliou que o número de mortos é de “algumas centenas” de pessoas.

Em um comunicado, a Promotoria explicou que a estimativa se baseia nas informações fornecidas por sobreviventes e em um relatório do navio português que prestou socorro à balsa no momento em que ela afundou.

Além disso, disse que “o exíguo número de sobreviventes (28) pode ser resultado do fato de que muitos imigrantes, entre eles mulheres e crianças, encontravam-se presos nos porões do barco”.

No entanto, os promotores afirmaram que por enquanto “não é possível saber com precisão” o número de vítimas fatais.

As investigações prosseguirão e não se “exclui a inspeção e o eventual resgate da balsa que naufragou”, opção que será avaliada posteriormente.

A justiça italiana trabalha com duas hipóteses para o naufrágio. Por um lado, atribuem o desastre às manobras equivocadas do comandante do pesqueiro, que teriam ocasionado uma colisão com o navio português “King Jacob”, que prestou socorro no local do desastre.

A outra hipótese é que o excesso de viajantes a bordo provocou o tombamento do barco e seu posterior afundamento.

Os promotores disseram que “por enquanto não se pode atribuir nenhuma responsabilidade ao navio que ofereceu socorro e que não contribuiu de modo algum ao fatal evento”.

O acidente aconteceu durante a madrugada de domingo, quando a guarda-costeira italiana, após receber um pedido de auxílio, solicitaram a um navio mercante português que navegava pela zona que socorresse a embarcação.

A guarda-costeira italiana informou que, por enquanto, o número de corpos recuperados é de 24 e o de sobreviventes é de 28 homens.

Ontem, eles chegaram ao porto de Catânia a bordo de um navio da Marinha, e entre eles se encontravam dois supostos membros de uma rede de tráfico de pessoas: o comandante, Mohammed Ali Malek, um tunisiano de 27 anos, e seu assistente, o sírio Mahmoud Bikhit, de 25 anos. EFE

Continue reading

Guarda Costeira grega recupera 42 tripulantes de balsa na ilha de Lesbos

Guarda Costeira grega recupera 42 tripulantes de balsa na ilha de Lesbos

Atenas, 21 abr (EFE).- A Guarda Costeira da Grécia resgatou na manhã desta terça-feira 42 tripulantes que estavam em uma balsa à deriva na costa da ilha de Lesbos, no Mar Egeu.

Segundo informou a Guarda Costeira, os imigrantes foram levados para o porto da capital da ilha, Mitilini.

Durante a noite foram resgatados com vida outros 39 imigrantes ilegais na ilha de Farmakonisi, no arquipélago de Dodecaneso.

Hoje, dois sírios acusados de tráfico de pessoas, que teriam embarcado imigrantes na balsa que encalhou ontem na costa de ilha de Rodes, no arquipélago de Dodecaneso, irão prestar depoimento para a justiça.

Dos 93 tripulantes, a maioria refugiados da Síria, 90 foram resgatados com vida.

O acidente aconteceu na segunda-feira de manhã, quando por motivos desconhecidos a embarcação ficou presa nas rochas, perto da praia de Sefiros, e afundou.

Muitos imigrantes se jogaram na água e foram salvos por moradores locais.

Nas últimas semanas aumentou consideravelmente o número de imigrantes ilegais que chegam na Grécia, uma das principais portas de entrada para a Europa. Calcula-se que diariamente entram no país uma média de cem pessoas.

Só no primeiro trimestre do ano, o país recebeu 10.445 imigrantes ilegais por via marítima, enquanto no mesmo período do ano passado foram 2.863 pessoas. EFE

Continue reading