Reginaldo Silva é exonerado do estado

FLIX TV HD

By fofocas

O ex-vereador de Itabuna Reginaldo Silva foi exonerado do cargo de secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos. O decreto com a exoneração foi publicado na edição desta sexta do Diário Oficial do Estado. A secretaria terá como nova titular Ariselma Pereira, que era diretora-geral da Fundac – Fundação da Criança e do Adolescente. Ariselma é graduada em Assistência Social pela Universidade Católica de Salvador. Reginaldo Silva ocupava interinamente a Secretaria de Justiça. Ele assumiu o cargo no início de junho, em substituição ao promotor Almiro Sena, que deixou a pasta após ser acusado de assédio sexual contra servidoras públicas. (A Região)

Falsa dentista foi detida em Ilhéus

FLIX TV HD

By fofocas

Acusada de exercício ilegal da profissão de dentista em Ilhéus, a protista Ademilza Cavalcante de Melo negou, nesta quinta-feira (21), que tenha confessado a condição. Em contato com o Bahia Notícias, Ademilza alega que houve a denúncia e a condução para a delegacia, porém no registro da ocorrência não houve flagrante de exercício ilegal da profissão. “No boletim de ocorrência não tem nada disso. Se eu tivesse afirmado que exerci ilegalmente a profissão, eu estaria presa. Isso é um crime inafiançável”, afirmou a protista, em contato com o Bahia Notícias. De acordo com cópia do boletim de ocorrência, encaminhado pela própria Ademilza, existe o depoimento da suposta paciente flagrada em que a mesma sugere que foi feita “uma colagem de um dente” após insistência. Consultado pelo BN, o presidente do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), Francisco Coelho, confirmou a existência de uma denúncia de exercício ilegal da profissão em Ilhéus, porém não pode precisar detalhes da ocorrência. Segundo ele, quando existem denúncias como essa, representantes do CRO-BA acompanham a autuação do exercício ilegal e a ocorrência policial. Para Ademilza, aconteceu um equívoco. “Eu tenho registro profissional de técnica em prótese. Não estava atuando como dentista. Eu não estou presa”, argumentou. (Bahia Notícias)

Ministério Público investiga locação de horários na TV

FLIX TV HD

By fofocas

O Ministério Público Federal começou a investigar a locação de horários em rádios e TV para programas religiosos e televendas. O anúncio foi feito nesta semana pelo MP em audiência pública na Câmara dos Deputados, para debater justamente a terceirização da grade de programação de TV. O Ministério Público pretende apurar casos envolvendo canais que alugam quase toda a sua programação para entidades religiosas. Na mira do órgão estão emissoras como o 21, do Grupo Bandeirantes, que tem mais de 20 horas alugadas, e a rede CNT, que possui mais de 90% de sua grade tomada por atrações religiosas. Para integrantes do MP, a fiscalização do Ministério das Comunicação é falha, pois não atua quando se trata da venda de espaços nas emissoras. A Câmara realizou audiência pública para debater a locação de horários na TV, que, segundo alguns especialistas, é ilegal. Eles alegam que a comercialização desses espaços contraria a Constituição, uma vez que os canais de rádio e TV são concessões públicas. Representantes das emissoras dizem que a locação não fere a lei, pois é a única forma de sobrevivência daquelas que não recebem publicidade suficiente dos grandes anunciantes. (Keila Jimenez)

1 2 3 9,267