Flix TV - Assista TV no PC

Pinos de cocaína com personagem ‘Taz’ são apreendidos em Alfenas

Após a Polícia Civil de Alfenas(MG) apreender quatro quilos de maconha estampados com o desenho do super-herói “Hulk”, foi a vez da Polícia Militar da cidade fazer a apreensão de 15 pinos de cocaína com a imagem do personagem Taz, da série animada “Taz-Mania”. A droga estava com um jovem de 18 anos que foi preso em flagrante no último sábado (19).

Segundo a PM, também foram apreendidos com o rapaz 21 pedras de crack, quatro buchas de maconha e R$ 77 em dinheiro. No dia 16 de junho, a PM de Alfenas também apreendeu 200 cápsulas de cocaína que tinham adesivos da bandeira do Brasil.
Personagem Taz estampa pinos de cocaína apreendidos em Alfenas, MG (Foto: Polícia Militar)Personagem Taz estampa pinos de cocaína apreendidos em Alfenas, MG (Foto: Polícia Militar)
Fonte:G1

Continue reading

Record comemora audiência do fim de semana

Por Renan Santos

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Foi só alegria nos corredores da Record nesta segunda-feira (21). A emissora comemora os bons índices registrados pelos seus programas de auditório neste fim de semana.
O “Programa da Sabrina”, que até então não vinha conseguindo atingir a audiência esperada, registrou 7 pontos de média neste último sábado (19), e garantiu o segundo lugar. Já o “Legendários”, continua com bons índices. Sem muita concorrência “empolgante” no horário, o programa de Marcos Mion ficou 1 hora e 10 minutos na liderança, e garantiu o segundo lugar.
No domingo (20), a situação foi ainda melhor. O “Domingo Show” acumulou mais uma vitória contra o SBT, e continua invicto no confronto com o “Domingo Legal” desde que estreou. Ontem (20), a atração comandada por Geraldo Luís garantiu mais uma vice-liderança e ficou mais de uma hora em primeiro lugar. Sucedendo a atração, “A Hora do Faro” também ficou alguns minutos na liderança e empatou em segundo lugar com SBT, marcando 8 pontos.

Fonte: TV Foco
Continue reading

Chuva de granizo causa prejuízos de mais de R$ 2 milhões em Inimutaba

Michelly Oda

Estrutura metálica ficou completamente destruída (Foto: Michelly Oda / G1)Estrutura metálica ficou completamente destruída (Foto: Michelly Oda / G1)
Esta segunda-feira (21) foi um dia para se contabilizar os estragos causados por uma chuva de granizo que atingiu Inimutaba (MG) neste domingo (20). O município fica na região Central de Minas Gerais e tem pouco mais de sete mil habitantes. Os prejuízos ultrapassam R$ 2 milhões, mas de acordo com a prefeitura, ninguém ficou ferido.
Segundo os moradores, a chuva começou por volta das 20h e durou uma hora, mas o granizo caiu por cerca de 20 minutos. Como não há estação metereológica na cidade, não é possível medir a quantidade de chuva. Ainda na manhã desta segunda-feira era possível ver pedras de gelo na cidade.
O bairro Jardim São Geraldo foi o mais afetado. A estrutura metálica de uma quadra poliesportiva caiu. Enésia Maria faz lanches em um trailler que fica perto do local.
Trailler de Enésia em vermelho funcionava ao lado da quadra (Foto: Michelly Oda / G1)Trailler de Enésia em vermelho funcionava ao lado
da quadra (Foto: Michelly Oda / G1)
“Eu me tranquei aqui dentro quando o vento começou, quando abri a porta vi que tudo estava no chão. Saímos e em seguida, um fio de alta tensão de um poste caiu perto do trailler. Só rezava e pedia para que Deus me desse uma segunda chance de viver”, conta.
A força do vento fez com que vários postes tombassem. A cidade toda ficou sem energia das 20h do domingo até a meia noite. No bairro São Geraldo, a energia ainda não havia sido restabelecida na manhã nesta segunda. Funcionários da Cemig faziam consertos nos postes. O abastecimento de água também foi interrompido e os celulares não funcionavam.
Certa de 140 alunos da Escola Municipal Altino da Silva Leite ficaram sem aulas. “Quando chegamos havia muita água, 20 computadores molharam. Estamos sem energia e água e aguardamos uma decisão da Secretaria de Edução para vermos se aulas voltam amanhã”, afirma Ana Cláudia Santos, diretora da instituição. 
A diretora ainda conta que horta que começou a ser plantada pelos alunos em fevereiro ficou totalmente destruída, várias telhas e vidros também quebraram.
Aposentado subiu em cima de mesa para fugir da água (Foto: Michelly Oda / G1)Aposentado subiu em cima de mesa para fugir da
água (Foto: Michelly Oda / G1)
Uma das casas que teve maior prejuízo foi a do aposentado Arnaldo Pereira. Vários móveis molhavam e mais de 300 telhas quebraram. Ele, que mora sozinho, disse que nunca passou por nenhuma situação parecida.
“Quando eu vi a água, corri para cima de uma mesa, que era o único lugar enxuto. As telhas voavam e faziam um barulho enorme, fique com muito medo”, diz Pereira.
Decoração da praça onde forró é realziado estava praticamente pronta (Foto: Michelly Oda / G1)Decoração da praça onde forró é realziado estava
praticamente pronta (Foto: Michelly Oda / G1)
O prefeito de Inimutaba, Rafael Dotti de Caravalho, decretou situação de calamidade pública.
“Várias casas foram atingidas, foram destelhadas, tiveram os muros e paredes tombadas, há alunos sem aulas porque as salas da escola foram inundadas, perdemos computadores e muito material didático. Além disso, a quadra onde vários projetos são realizados ficou toda destruída”, afirma o prefeito.
De acordo com o administrador do município, um levantamento dos prejuízos está sendo feito, mas a estimativa é que o valor super os R$ 2 milhões. Rafael de Carvalho garante que as pessoas que sofreram as consequências da chuva receberão assistência.
Festa tradicional
A cidade se preparava para realizar a festa mais tradicional da cidade, o Forró de Inimutaba, que está marcado para ter início nesta quinta-feira (24). A praça onde será realizado o evento também foi atingida e a decoração terá que ser refeita.
“Nosso forró será mantido, não queríamos que isso tivesse acontecido, mas se fosse na semana da festa seria uma tragédia muito pior. O povo precisa de festa de alegria, não dá pra vivermos só de tristeza”, diz Rafael Dotti.
Ainda era possível ver o granizo na manhã desta segunda (Foto: Michelly Oda / G1)Ainda era possível ver o granizo na manhã desta segunda (Foto: Michelly Oda / G1)
Fonte:G1

Continue reading