Vírus chikungunya deixa 33 mortos nas Antilhas e na Guiana Francesa

Vírus chikungunya é transmitido por mosquitos Aedes aegypty (no alto) e  Aedes albopictus (Foto: Douglas Aby Saber/Fotoarena-AFP Photo/EID Mediterranee)Vírus chikungunya é transmitido por mosquitos
Aedes aegypty (no alto) e Aedes albopictus
(Foto: Douglas Aby Saber/Fotoarena-AFP Photo/
EID Mediterranee)
O vírus chikungunya provocou indiretamente a morte de 33 pessoas nas Antilhas e na Guiana Francesa desde dezembro, indicou nesta quinta-feira (10) a ministra francesa da Saúde, Marisol Touraine, classificando os casos como “grande epidemia”.
“Até hoje, a doença provocou indiretamente 33 óbitos de pessoas idosas frágeis, afetou 100 mil pessoas e provocou mil hospitalizações nos departamentos franceses da América”, anunciou o ministério da Saúde.
“Trata-se de uma grande epidemia, com 5 mil novos casos por semana”, declarou Marisol Touraine em declarações a meios de comunicação franceses.
“A epidemia que afeta as Antilhas e a Guiana é um problema importante de saúde pública”, acrescentou, ressaltando que “o início do período de verão e a estação de chuvas propiciam a reprodução do mosquito que o transmite, o que aumenta os temores de um crescimento do número de casos’.
A ministra insistiu na importância das medidas de precaução para evitar a proliferação dos mosquitos.
O vírus chikungunya que, assim como a dengue, é transmitido através dos mosquitos aedes, causa febre, dores articulares, musculares e de cabeça. O tratamento se limita a amenizar os sintomas, já que não existe cura ou vacina contra esta doença, que raras vezes é mortal, mas que pode ser fatal para as pessoas frágeis.
Vírus já circula no Brasil
Este ano, já houve 20 casos da infecção notificados no Brasil desde maio, de acordo com o Ministério da Saúde. Mas, até o momento, todos são importados: 19 pacientes contraíram o vírus no Haiti e um, na República Dominicana. Isso significa que não há evidências de que o vírus esteja circulando entre os mosquitos do país.
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa “aqueles que se dobram”, em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.

Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, ela pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Fonte:G1

Continue reading

LG lança pulseira inteligente para você não perder seus filhos

Pouco a pouco, os dispositivos vestíveis vão ganhando terreno. A última novidade é para usar no pulso, mas não exatamente no seu pulso, e também não chega a ser um smartwatch: é o LG KizON, uma pulseira com GPS e Wi-Fi para colocar nas crianças. Pensado para crianças em idade pré-escolar ou no primário nos […]

O post LG lança pulseira inteligente para você não perder seus filhos apareceu primeiro em Gizmodo Brasil.




Continue reading