Em Família: Exame de DNA comprova que Nando é o pai biológico de Bia

 Por Vitor

Jairo_Virgílio_Nando_Em Família
             Nando ( Leonardo Medeiros ), Jairo ( Marcello Melo Jr. ) e Virgílio ( Humberto Martins )              (Foto: Globo/Paulo Belote)
Um exame de DNA comprova o que Juliana (Vanessa Gerbelli) já desconfiava: Nando (Leonardo Medeiros) é mesmo o pai biológico de Bia. O exame é lido durante uma reunião no apartamento de Juliana, da qual participam o próprio Nando, Jairo (Marcello Melo Jr.), Helena (Julia Lemmertz), Virgílio (Humberto Martins) e Felipe (Thiago Mendonça).
Antes de o envelope ser aberto, Jairo e Nando protagonizam suas já conhecidas cenas de implicância mútua. Felipe explica como funciona o exame de DNA, garante sua confiabilidade e lê o resultado. Guiomar (Jéssika Alves) mal disfarça sua alegria, Nando fica eufórico e Jairo, arrasado. Ele não se conforma por ter sido traído por Gorete (Carol Macedo) e perder a filha.
Juliana tenta consolá-lo, dizendo que os dois têm um bebê para criar juntos, mas a revolta de Jairo é maior: ele vai para o banheiro e chora. Depois, arruma sua mala e volta para a comunidade. Lá, ele vê Iolanda (Magdale Alves) comemorar o fato de a neta ser filha de Nando e os dois discutem. Jairo ainda tem que ouvir piada dos amigos sobre a traição de Gorete.
Enquanto isso, no Leblon, Nando começa a aproveitar seu papel de pai e leva brinquedos e mais brinquedos para Bia, deixando Juliana emocionada.
As cenas estão previstas para ir ao ar a partir de segunda-feira, dia 14. ‘Em Família’ é uma novela de Manoel Carlos, com direção de núcleo de Jayme Monjardim e direção geral de Jayme Monjardim e Leonardo Nogueira.

Fonte: TV foco
Continue reading

Pela 1ª vez na história das Copas, 23 atletas são usados por uma seleção

Quando o técnico holandês Van Gaal substituiu o goleiro Cillessen por Vorm, aos 47 minutos do segundo tempo na disputa de terceiro lugar contra o Brasil, a Holanda quebrou um recorde na história da Copa do Mundo. Pela primeira vez, uma equipe utilizou todos os seus 23 atletas convocados durante as partidas do Mundial. Antes desta última partida, a seleção holandesa já havia utilizado 22 jogadores.
Anteriormente, quem mais havia se aproximado deste recorde foi a seleção da Alemanha. Por duas oportunidades, 22 jogadores alemães chegaram a atuar, nas Copas de 2006 e 2010. Os únicos que acabaram não jogando foram os terceiros goleiro Timo Hildebrand e Tim Wiese, respectivamente.
A partida terminou com vitória holandesa por 3 a 0, o que garantiu o terceiro lugar e a medalha de bronze da Holanda na Copa do Mundo 2014. Já a seleção brasileira, derrotada, terminou na quarta colocação.
vorm e Cillessen Holanda e Brasil (Foto: Agência AFP )Cillessen (à esquerda) dá lugar a Vorm na partida contra o Brasil (Foto: Agência AFP )

Fonte:Globoesporte.com

Continue reading